HOME VÍDEOS NOTÍCIAS METEOROLOGIA FOTOS

Excesso de chuva no Tocantins aumenta incidência de doença e soja entra em ciclo de quebra de produção, comenta Aprosoja

Publicado em 27/12/2021 12:40 e atualizado em 27/12/2021 17:57

Logotipo Notícias Agrícolas

Há dias o centro-norte do Brasil vem registrando chuvas com volumes expressivos. O Matopiba tem sido fortemente afetado pelas condições climáticas, com 18 mortes já confirmadas na Bahia e com muitos problemas na infraestrutura entre os estados, a preocupação também começa a chegar para a produção agrícola. O excesso de chuva eleva a incidência de doenças na safra de soja no Tocantins e com a previsão de mais chuva nas próximas semanas, a preocupação também passa a ser com o escoamento do grão. 

+ Com 72 municípios em situação de emergência, Bahia tem previsão de mais chuva nesta segunda-feira (27)

Maurício Buffon, porta-voz da Aprosoja-Tocantins, comenta que as chuvas dos últimos três dias no estado trazem muita preocupação para o setor. "Está realmente muito complicado, com muita chuva. Condições das lavouras, aparência é uma coisa, mas produtividade é outra, muita doença. Nós já começamos a entrar em um ciclo de quebra de produção devido a muita doença e muita umidade", afirma. 

Soja pós chuva TO
As fotos foram enviadas por produtores do Tocantins ao Notícias Agrícolas

Segundo dados coletados nas estações meteorológicas do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nos últimos cinco dias os acumulados ultrapassaram os 100mm, com destaque para o sul do estado que recebeu os maiores volumes de chuvas.  Buffon destaca que é preciso aguardar para saber melhor os reais impactos, mas acrescenta que a preocupação com as estradas, bastante danificadas pelo excesso de chuva, é grande para o setor, já pensando no escoamento da safra. 

Veja o mapa de precipitação acumulada nos últimos cinco dias: 
 

Últimos 5 dias - 2712021
Fonte: Inmet

Nos vídeos enviados ao Notícias Agrícolas é possível ver a quantidade de chuva que atingiu o estado nos últimos dias. Chamou muita atenção nas redes sociais ainda a condição da Praia do Funil, que ficou completamente submersa no último final de semana. A condição é de alerta em vários municípios, sobretudo os que ficam localizados às margens do Rio Tocantins. 


 

 

A condição de muita chuva no centro-norte do país e corte da precipitação na região Sul é característica do La Niña, e de acordo com Francisco de Assis, é um dos fatores que justificam os padrões atuais do tempo nessas áreas. 

Para os próximos dias, o modelo Cosmo do Inmet mantém a previsão de chuva no Matopiba. No Tocantins, as chuvas mais expressivas continuam sendo esperadas para o sul do estado, mantendo assim a condição de alerta em toda área. A tendência é que o volume de chuva seja mais baixo nas próximas horas, mas com o solo comprometido e infraestrutura já afetada, as preocupações na região só aumentam. 

Veja o mapa de previsão de precipitação nas próximas 24 horas: 
 

24 horas - Inmet - 27122021
Fonte: Inmet
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário