Complexo soja tem 4ª feira de fortes altas em dia de ajustes e foco sobre os fundamentos

Publicado em 19/01/2022 12:45 868 exibições

Logotipo Notícias Agrícolas

O óleo acompanha a alta sequente do petróleo - commodity que dá continuidade aos ganhos depois de ontem ter alcançado suas máximas em sete anos - eo farelo corrige as baixas da sessão anterior, que foram de mais de 3%. As altas fortes no trigo também contribuem e, no mesmo momento, oscilavam entre 11 e 13,25 pontos, bem como o avanço do óleo de palma na Malásia e na China. 

De acordo com analistas ouvidos pela Reuters Internacional, a demanda maior por commodities agrícolas tem sido um suporte importante para as cotações. "A demanda global por produtos agrícolas tem se recuperado, o que dá apoio aos preços, embora alguma melhora do clima nos EUA limite os ganhos", disse um analista internacional. 


Todavia, como explica Eduardo Vanin, analista de mercado da Agrinvest Commodities, apesar dos estoques de farelo de soja terem registrado níveis críticos na China, os preços do derivado ainda não sobem na Bolsa de Dalian. "Parece que o consenso por lá é o de que a demanda interna por rações vai seguir muito fraca". diz. 

Já nos EUA e na América do Sul, as margens de esmagamento são boas e os prêmios brasileiros para o subproduto para fevereiro e março, ainda de acordo com Vanin, continuam subindo. "Há baixa cobertura interna de farelo por parte dos consumidores e redução do esmagamento na Argentina", diz. 

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário