As importações chinesas de soja devem permanecer altas em março

Publicado em 18/01/2010 16:28 e atualizado em 18/01/2010 17:07 952 exibições

 As importações da China de soja provavelmente permanecerão altas depois de Março, com os menores custos das margens de esmagamento, informou a China National Grain & Oils Information Center em um relatório de e-mail nesta segunda-feira. A margem, com base em cotações de  cargas a prazo, aumentou para 315 yuan ($ 46) por tonelada métrica de 13 de janeiro, até 77 yuan a partir de uma semana antes. As margens, determinadas pelo valor dos produtos transformados em comparação com o custo do feijão, melhor para a 22 ª semana consecutiva, diz o relatório.  A China pode ter excesso de oferta de soja no primeiro trimestre com as importações recordes feitas nos EUA. Mas espera-se que seja cerca de 4,2 milhões de toneladas em janeiro e é provável que deva
permanecer acima de 4 milhões de toneladas em fevereiro, disse o relatório. O país comprou 4,78 milhões de toneladas em dezembro. A oferta interna também pode aumentar a partir de março, disseram analistas. 

-- "O mercado está esperando que o governo venda de  2 milhões a 3 milhões de toneladas de soja estocadas para girar seu estoque", diz Tian Feng, analista do BOC International (China) Ltd., por telefone, de Xangai. Ainda assim, "penso que a China vai comprar uma quantidade bastante grande de soja da América do Sul a partir de março, talvez em média 3,5 milhões de toneladas por mes".
Tags:
Fonte:
Bloomberg News

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário