Soja: Escoamento difícil no sul do Maranhão

Publicado em 07/05/2010 07:48 1046 exibições
A colheita da soja no sul do Maranhão está terminando e os agricultores comemoram a boa safra. A preocupação agora é com o escoamento do produto. As estradas estão em péssimas condições e, por conta disso, o custo do frete aumentou.

Os agricultores maranhenses estão colhendo 1,127 milhão de toneladas de soja. São 15% a mais que no ano passado segundo a Conab, Companhia Nacional de Abastecimento.

O agricultor Nicodemus Guimarães plantou 6,5 mil hectares com soja no município de São Domingos do Azeitão, na região sul do Estado. A falta de caminhões para transportar os grãos provocou atraso na colheita.

“Eu acho que é excesso de produtividade no Brasil. Os caminhões do Sul, como sempre, vem para o Nordeste nesta época de colheita”, falou seu Nicodemus.

Outro fator está complicando a vida dos agricultores. As estradas da região estão em péssimo estado. A BR-324 vai de Balsas, no Maranhão, a Salvador, na Bahia. Pelo trecho maranhense, de 120 quilômetros, são transportadas cerca de 300 mil toneladas de soja.

O caminhoneiro João Tavares ficou no meio da estrada. “É devagarzinho, segurando direto. Não tem estrada, não”, disse.

Os agricultores maranhenses gastam até R$ 50,00 para transportar uma tonelada de soja por um percurso de cem quilômetros entre a lavoura e o armazém.

O seu Paulo Dalforno semeou 4,9 mil hectares de soja no cerrado maranhense. Metade das lavouras fica no município de Loreto, ás margens da BR-324. Por causa das estradas, as despesas com frete subiram 15% este ano.

“Muitos caminhoneiros não querem puxar esta safra acaba estragando os caminhões e estourando pneu. Eleva muito o custo dessa produção pra escoamento”, falou Dalforno.

Essa rodovia é conhecida como BR e seria de responsabilidade federal. Mas, o Denit, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, não reconhece que a estrada seja da União. O órgão informou que a pavimentação da rodovia está em fase de planejamento, mas não há data prevista para o início da obra.

Tags:
Fonte:
Globo Online

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário