Diante do recuo do dólar, soja em alta nesta quinta-feira em Chicago

Publicado em 14/10/2010 10:36 e atualizado em 14/10/2010 14:23
1024 exibições
Os grãos - soja, milho e trigo - encerraram o pregão em terreno positivo nesta quinta -feira. Segundo analistas, depois das baixas registradas na sessão de ontem, hoje os preços sobem impulsionados pela fraqueza do dólar.

O recuo da moeda norte-americana voltou a incentivar a compra por parte dos investidores bem como o incentivo aos traders para tomarem posições nas commodities em meio a temores referentes à inflação.

A forte e crescente demanda de exportação pela soja e a preocupação com estoques de soja e milho mais apertados continuam fornecendo sustentação aos preços. 

Na abertura da sessão diurna, os preços continuam operando no azul. Para novembro, às 13h23,  a soja vale US$11,89 com alta de 13 pontos e o maio, referência para a safra brasileira, a US$12,11 subindo também 14 pontos. Milho e trigo também trabalham em alta.

Nesta quinta-feira, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) anunciou a venda de mais 280 mil toneladas de soja para a China. Amanhã, o departamento divulga o relatório de exportações semanais. As expectativas são positivas e os dados podem contribuir para o avanço dos preços.

NOPA - O Nopa (Associação Nacional dos Processadores de Oleaginosa dos EUA) informou que foram esmagadas 3,4 milhões de toneladas de soja em setembro. A expectativa do mercado era de 3,17 milhões de toneladas.

O volume é superior ao de agosto, quando foram processadas 3,33 milhões de toneladas. Em setembro de 2009,o total foi de 2,92 milhões de toneladas.

Os estoques de óleo diminuíram de 1,280 milhão de toneladas em agosto para 1,255 milhão em setembro.

Com informações da Dow Jones
Tags:
Fonte: Redação NA

Nenhum comentário