Chicago: Grãos operam no vermelho com dólar, clima e avanço da colheita nos EUA

Publicado em 18/10/2010 15:09
538 exibições

Segunda-feira de preços pressionados para os grãos na Bolsa de Chicago. Os futuros da soja, do milho e do trigo registram quedas na sessão de hoje com o avanço da colheita norte-americana e mais a valorização do dólar. De acordo com alguns negociadores, o contexto de oferta e demanda segue positivo. No entanto, o mercado ainda precisa de mais novidade para voltar a subir. Além disso, produtores norte-americanos tiram vantagem das cotações altas na bolsa para fixar preços, o que contribui para baixá-los um pouco
mais.

As cotações da soja também sentem o impacto das chuvas que caíram sobre as lavouras brasileiras, contribuindo para o plantio e que  melhoraram a perspectiva para a safra local. Já o trigo sente a má influência dos mercados vizinhos.

Às 14h54 (horário de Brasília), a oleaginosa operava em terreno misto com o vencimento novembro valendo US$11,84, com 0,50 cents de queda. Já o vencimento maio, referência para a safra brasileira, era cotado a US$12,05, com 1 cent de alta.

Para o milho, a semana será marcada pela decisão do rumo do mercado. O comportamento da demanda, a valorização do dólar e mais o andamento da safra norte-americana irão ditar o direcionamento do cereal.

Tags:
Fonte: Redação NA

Nenhum comentário