Clima favorável pode pressionar soja em Chicago, diz Oil World

Publicado em 27/10/2010 14:28
621 exibições
A consultoria alemã Oil World, em seu relatório semanal, afirmou que as melhores condições climáticas na América do Sul podem atuar como fatores de pressão para os preços da soja na Bolsa de Chicago.

As chuvas dos últimos dois dias nas principais regiões produtoras da América do Sul, segundo a consultoria, foram suficientes para alterar o panorama das lavouras de soja. "Em setembro e início de outubro de 2010,as chuvas proporcionaram uma boa umidade de solo em grande parte da Argentina e em pelo menos a metade dos estados produtores de soja no Brasil", diz a Oil World em seu boletim.

Ainda segundo o relatório, nesse mesmo período em 2008, o clima para a safra sul-americana foi bem mais seco. Na safra 2008/2009, a América do Sul perdeu 30 milhões de toneladas de soja por conta da seca.

A sustentação dos preços fica por conta da demanda pela oleaginosa, principalmente por parte da China. A Oil World acredita que as importações chinesas crescentes são resultado do aumento da procura das indústrias de processamento e da medida do governo em garantir seus estoques.
Tags:
Fonte: Redação NA

Nenhum comentário