Agricultores de Mato Grosso trabalham 24h por dia para recuperar atraso

Publicado em 08/11/2010 09:44
625 exibições
Agricultores passam a noite plantando para recuperar o tempo perdido com a estiagem.
A estiagem e a seca prolongada, foi um dos principais motivos do atraso no plantio da soja deste ano, tanto no Mato Grosso, como em outros Estados do Centro-Oeste.

A maioria dos agricultores começaram a semear há poucos dias, por esse motivo, infelizmente, ainda não é possível ver a soja crescida na região de Campo Verde, no Sudeste de Mato Grosso

Devido à estiagem que se estendeu até o início deste mês, foram poucos os produtores que se arriscaram a plantar no mês de setembro, mês em que o plantio foi liberado. Muitos produtores começaram há semear esta semana, após a chuva de 80 milímetros registrada pelo Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), em Mato Grosso no último domingo.

Neste mesmo período do ano passado, mais da metade da área plantada de soja no estado já havia sido cultivada. Este ano, segundo o último levantamento do Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária (IMEA), pouco mais de 30% da área prevista foi plantada.

O plantio não para nem mesmo a noite. Em algumas fazendas, os funcionários foram divididos em turnos. Tudo para recuperar o tempo perdido.
 
Como a maioria dos produtores já havia planejado o que semear depois da colheita da soja.  Para recuperar o atraso, o jeito é acelerar o trabalho no campo. A preocupação maior é que o atraso de agora possa prejudicar a segunda safra, chamada safrinha de milho.
Tags:
Fonte: Expresso MT

Nenhum comentário