Importações de soja da China recuam 19,6% em outubro

Publicado em 10/11/2010 11:55 e atualizado em 10/11/2010 14:37
528 exibições
As importações de soja da China, o principal comprador mundial da oleaginosa, caíram 19,6% em outubro em relação ao mês anterior.

As compras chinesas foram de 3,73 milhões de toneladas no mês passado e em setembro  foram importadas 4,64 milhões de toneladas. Os embarques aumentaram em 48% se comparados ao mesmo período do ano passado e no período de janeiro a outubro, as importações subiram 26% alcançando as 43,9 milhões de toneladas.

Nesta terça-feira, os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago registraram o maior preço desde agosto de 2008  depois que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) reduziu suas estimativas para os estoques finais tanto do país quanto mundiais frente à aquecida e crescente demanda chinesa.

Além disso, o departamento ainda aumentou seus números para as importações da China afirmando que as compras - que foram iniciadas em 1º de outubro - podem chegar a 57 milhões de toneladas. O volume tem um incremento de 2 milhões de toneladas em relação ao estimado em outubro.

"Nós, provalvelmente, veremos volumes maiores chegando em dezembro voltando às compras que foram vistas nos últimos meses. Sazonalmente, as importações têm uma queda em outubro já que a oferta disponível é menor", disse Zhou Youjin, diretor de pesquisa da consultoria Tianqi Futures Co.

No pregão noturno desta quarta-feira, os preços da soja recuaram na Bolsa de Chicago registrando um movimento de realização de lucros depois das fortes altas vistas ontem de mais de 50 pontos. O vencimento novembro encerrou com queda de 7 pontos, valendo US$13,12/bushel. O novembro fechou a US$ 13,3, recuando 6 pontos.

Por Carla Mendes
Com informações da Bloomberg e da Dow Jones
Tags:
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário