Porto de Santos lidera escoamento de soja até outubro

Publicado em 07/12/2010 07:00 240 exibições
Das mais de 8,51 milhões de toneladas de soja em grão exportadas pelo MT até outubro deste ano, 40%, ou pouco mais de 5,10 milhões de toneladas tiveram como destino o porto de Santos (SP). Porém, em outubro, o porto uma queda significativa na sua participação nas exportações, passando de 45% para apenas 9% do total do Estado sendo o menor volume escoado pelo porto neste ano. O pico de movimentação em Santos foi registrado em maio quando num único mês embarcou-se quase o volume movimentado ao longo do ano no porto de Manaus: 1,19 milhão t.

Ainda sobre o acumulado das exportações de soja em grão, o porto de Manaus (AM), registra a segunda maior movimentação ao recepcionar 1,08 milhão t. Em março, o porto embarcou o maior volume até agora do ano, mais de 110 mil t. O porto de Vitória (ES) detém a terceira maior movimentação com a soja mato-grossense, 856 mil t. O auge dos embarques foi em março quando 166 mil t foram exportadas.

Conforme o Imea – com base nos levantamentos da Secex - Mato Grosso exportou 115 mil toneladas de soja em grão em outubro por diferentes rotas de escoamento. Neste mês o grão mato-grossense não teve como principal destino a China e sim a Europa. Refletindo esta mudança, o porto de Vitória (ES) foi o que embarcou mais toneladas, totalizando 23% das exportações do Estado, com 26 mil toneladas escoadas. Em seguida, com 19%, ficaram os portos de Santarém e Manaus, que totalizaram 43 mil toneladas embarcadas. Os outros portos somaram 39% do total das exportações.

De março a julho, Mato Grosso registrou picos de exportação do grão, com volumes acima de 1 milhão de toneladas. O maior volume embarcado, 1,63 milhão t, dá a abril o recorde do ano em despachos do grão para o exterior.

DESTINO – a China pode ter perdido a preferência em outubro, mas lidera as compras da soja mato-grossense ao longo dos dez primeiros meses de 2010. Conforme informações do Imea, o país já consumiu mai de 5,73 milhões t, ou cerca de 50% de toda venda feita por Mato Grosso. Entre os meses de março, abril e maio, a China importou sozinha mais de 1 milhão t, sendo 1,09 milhão, 1,17 milhão e 1,19 milhão, respectivamente.

Com volumes muito aquém do apetite chinês, a Holanda vem em segundo lugar com aquisições acumuladas de pouco mais de 525 mil t, de janeiro a outubro deste ano.

Tags:
Fonte:
Diário de Cuiabá

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário