Consultoria reduz safra argentina de soja em 7,5 milhões de toneladas

Publicado em 03/01/2011 14:29 e atualizado em 03/01/2011 15:31 856 exibições
A consultoria Agritrend reduziu suas estimativas para a colheita de soja e milho na Argentina por conta da severa estiagem pela qual passa o país.

Em novembro, o estimado para a oleaginosa eram 55 milhões de toneladas e para o cereal 25,5 milhões de toneladas. Porém, o estimado agora são 47,5 milhões e 23 milhões de toneladas, respectivamente.

O vice-presidente do Movimento de Consórcios Regionais de Experimentação Agrícola (Crea), Juan Balbín, "há um grande temor de que se repita o panorama climático da safra 2008/2009, quando o rendimento foi muito baixo e produtores de soja e milho quebraram".

O La Niña vem impactando mais fortemente nas lavouras nessas últimas semanas, reduzindo expressivamente as chuvas. No começo do ano passado, a cidade de Córdoba sofreu com inundações e agora sente os resultados da seca. A região mais afetada na Argentina é a central.

Ainda segundo Balbín, essas alterações climáticas - que não acontecem só na Argetina - provocam também uma perspectivas de preços mais altos para as matérias-primas. Por conta disso, alerta para um complicado cenário tanto para os produtores quanto para a alimentação mundial.

De acordo com o vice-presidente do Crea, para os agricultores a situação se agrava pois o volume da colheita pode não ser o suficiente para cobrir seus gastos. "Muitos podem nem ter colheita", lamenta. Com isso, os investimentos para a próxima safra podem ser cancelados.

Paralelamente, as estimativas para o rendimento financeiro das exportações também foi reduzida. Em novembro, o estimado para todas as culturas era de US$ 31,362 bilhões, agora, a estimativa passa a ser de US$30,530 bilhões. 

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

1 comentário

  • Telmo Heinen Formosa - GO

    Se for verdade aquela noticia da semana passada, segundo a qual ainda falta plantar 25% da área de soja na Argentina, a "quebra" será muito maior do que meia dúzia de mmt de soja. Ano desses quando isso aconteceu, eles colheram só 32 mmt não foi? Gente, nós estamos em Janeiro ... ou então aquela noticia era falsa.

    0