Soja realiza lucros e fecha em queda mesmo depois do FED

Publicado em 27/04/2011 14:58 e atualizado em 27/04/2011 17:20 997 exibições
Após o anúncio do FED (Federal Reserve), soja, milho e trigo minimizaram as perdas na Bolsa de Chicago. A oleaginosa chegou até mesmo a operar no campo positivo.

Porém, o fechamento foi bastante negativo para os principais grãos negociados na CBOT, com o milho encerrando o dia com quase 15 pontos de queda e o trigo com mais de 30 pontos.

No caso da soja, após trabalhar rapidamente no azul, os preços registraram uma rápida realização de lucros. A alta foi reflexo do recuo do dólar após as informações do FED.

O banco central norte-americano manteve a taxa de juros inalterada nos Estados Unidos entre 0 e 0,25% e também informou que vai completar as compras de US$ 600 bilhões em títulos do Tesouro até o fim do atual trimestre.

A decisão do FED acabou refletindo positivamente no mercado de commodities, uma vez que pesou sobre o dólar, provocando um recuo da moeda norte-americana em relação ao euro.

Com o dólar em baixa, as commodities voltam a ser atrativas para os investidores e importadores, o que oferece sustentação aos preços.

Porém, como o mercado está bastante "esticado" nas commodities, a cautela e a atenção devem ser mantidas com possíveis novas quedas na soja.

NO milho e no trigo as quedas foram mais acentuadas em virtude da melhora no clima para ambos os grãos. Para os próximos dias, a previsão é de tempo seco nos Estados Unidos, o que deve contribuir com o plantio do milho. Na Europa, as condições devem ser melhores para as lavouras de trigo, que há semanas sofrem com uma forte estiagem.

Veja como ficaram as cotações no fechamento da CBOT:

>> SOJA


>> MILHO

>> TRIGO

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário