Frente à alta do dólar, grãos terminam a semana em baixa

Publicado em 24/06/2011 12:58 e atualizado em 24/06/2011 17:03 977 exibições
Os futuros dos grãos negociados em Chicago fecharam a semana em baixa. A sexta-feira terminou com a soja em leve queda e o milho registrando perdas de dois dígitos. Os preços chegaram a trabalhar rapidamente em alta, porém, a falta de novidades entre os fundamentos fez com que a soja, o trigo e principalmente o milho sucumbissem à alta do dólar index e com as ainda presentes incertezas sobre o desenvolvimento da economia mundial. 

Segundo analistas em uma entrevista à Gazeta do Povo, essa alta volatilidade é considerada normal para esta época do ano, temporada em que o clima no meio-oeste norte-americano tem forte influência sobre o mercado de grãos. 

Porém, por outro lado as incertezas sobre a economia de alguns países da União Europeia, principalmente a Grécia, e também sobre o desenvolvimento da economia dos Estados Unidos, continuam sendo levadas em conta pelos investidores. 

“Ninguém quer assumir alto risco neste momento. Se o sentimento da maioria é que a crise pode piorar, tenha certeza de que os fundos vão retirar dinheiro das commodities e investir em outro lugar", diz o analista de mercado Steve Cachia, da Cerealpar. 

Porém, apesar desse mau momento das commodities agrícolas, os especialistas em mercado acreditam que a tendência continua altista e afirmam que a soja e o milho ainda podem ter seu melhor momento na Bolsa de Chicago.

Veja como ficaram as cotações no fechamento da Bolsa de Chicago:



Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário