Mercado financeiro pressiona e grãos registram fortes quedas

Publicado em 18/08/2011 12:20 709 exibições
Os futuros dos grãos seguem a tendência do pregão noturno e continuam operando em baixa no diurno desta quarta-feira em Chicago. Às 11h58 (horário de Brasília) a soja operava o vencimento março 2012 com queda de 14 pontos. O trigo apresentava 20 pontos de baixa, devido à fraca demanda de exportação. O milho apresentava 13 pontos de queda, realizando lucros dos dias anteriores.

As incertezas no mercado financeiro continuam pressionando as cotações dos grãos nas bolsas internacionais. As inquietações quanto ao crescimento da economia mundial também derrubaram as bolsas asiáticas em mais de 1%. Na esteira da Ásia, as bolsas europeias também registram quedas nesta manhã.

Na bolsa Nova York os índices caíam cerca de 4%, enquanto o petróleo recuava de cerca de US$ 87 para pouco mais de US$ 83 o barril.

O complexo de grãos continua observando um aumento da aversão ao risco por parte dos traders. Esse temor sobre o futuro do cenário macroeconômico acaba até mesmo ofuscando a força dos fundamentos.

Porém, de acordo com analistas, os grãos voltaram a carregar o fardo da melhora climática americana. As previsões de chuvas para as áreas mais secas de Iowa, Indiana e Illinois fizeram os traders retirarem novamente o prêmio climático das cotações, que haviam sido colocados ontem em cima das dúvidas acerca dessas mesmas previsões.

Segundo uma previsão do Instituto de meteorologia norte-americano Telvent DTN, a parte oeste do Meio-Oeste norte-americano receberá boas chuvas nos próximos dias e este padrão deverá se estender para a parte leste da região durante o final de semana, aliviando o estresse das lavouras de soja e milho. Além disso, a parte norte do cinturão de produção do trigo de inverno, estimulando um aumento das projeções para a área de plantio do grão.

Tags:
Por:
Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário