Soja: Céleres mantém previsão da safra brasileira 11/12 em 75,18 mi t

Publicado em 03/10/2011 13:52 e atualizado em 03/10/2011 14:39 533 exibições
A safra de soja do Brasil na temporada 2011/12 foi estimada pela consultoria Céleres em um recorde de 75,18 milhões de t, estável na comparação com o levantamento de setembro, de acordo com informe divulgado nesta segunda-feira. Em seu terceiro levantamento para 11/12, a Céleres também manteve inalterada a previsão de plantio de soja em cerca de 25 milhões de hectares, uma aumento de 3,6% na comparação com 2010/11.

O plantio de soja da nova safra já começou no Brasil, e de acordo com a Céleres os produtores que deixaram para a última hora a decisão resolveram plantar milho em vez da oleaginosa. Assim, a consultoria elevou o plantio de milho verão em 2,4% na comparação ao levantamento de setembro, para 8,49 milhões de hectares, alta de 11,7% ante a temporada passada.

Com isso, a previsão de safra do milho total do Brasil foi elevada pela consultoria para um recorde de 59,46 milhões de t, ante 58,39 milhões de t na estimativa de setembro. "A expectativa de ampliar a renda aproveitando os bons preços do milho tem sido uma variável de peso na tomada de decisão do produtor rural brasileiro", afirmou a Céleres em relatório.

Na safra passada, o Brasil produziu um recorde de 74,87 milhões de t de soja e 53,74 milhões de t de milho, de acordo com a consultoria. Segundo a Céleres, os preços sustentados do cereal em agosto e setembro, durante a colheita do milho segunda safra (2010/11), e a demanda aquecida tanto no cenário nacional como no externo deixam o produtor "confortável" em plantar um pouco mais do cereal na safra verão.

A consultoria manteve sua previsão de safra de inverno de milho em 22,05 milhões de t, estável na comparação com o levantamento de setembro, o que seria um aumento de 6,4% ante 10/11.

Conforme pesquisa semanal realizada pela Céleres, 20% da área destinada ao cultivo do milho já havia sido semeada até a última sexta-feira, evolução semanal de 5 pontos percentuais. No mesmo período do ano passado, o produtor tinha semeado 13,8% da área prevista com milho.

O plantio de soja foi realizado em uma área proporcionalmente menor, e já atinge cerca de 5% do total previsto no Paraná, segundo a Céleres, que não revelou números de plantio da oleaginosa para o Mato Grosso, onde a semeadura também já começou.

Tags:
Fonte:
Reuters

0 comentário