Chicago: Grãos têm dia de alta com cenário externo favorável

Publicado em 10/10/2011 16:18 757 exibições
As boas e recentes notícias vindas da Europa sobre a situação financeira do continente trouxeram um novo fôlego ao mercado neste início de semana e favoreceram um movimento de alta das commodities agrícolas, principalmente entre o complexo de grãos.

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e o presidente da França, Nicolas Sarkozy, afirmaram que em breve será lançado um pacote de medidas de contenção da crise da dívida europeia, promovendo uma integração em níveis fiscais para os 17 países unidos pelo euro.

Uma das ações divulgadas pelos chefes de estado é a recapitalização dos bancos europeus, trazendo mais liquidez a eles. Além disso, "prometeram" ainda uma solução rápida e definitiva para a preocupante situação da Grécia.

Paralelamente, os governos da França, da Bélgica e de Luxemburgo assumiram uma garantia de financiamento do banco Dexia, sendo 60,5% de responsabilidade dos belgas, 36,5% dos franceses e 3% de Luxemburgo.

Diante dessas boas notícias, o mercado financeiro teve um bom desempenho nesta segunda-feira e, por consequência, o dólar teve um dia de quedas. Este cenário estimulou o apetite ao risco por parte de investidores que voltaram à ocupar posições nas commodities agrícolas, ativos de maior risco, "deixando de lado" a moeda norte-americana.

A movimentação acabou favorecendo os movimentos de altas nesta segunda-feira nas Bolsas de Chicago e Nova York, que operaram normalmente hoje apesar do feriado do Columbus Day comemorado hoje nos Estados Unidos.

Os investidores voltaram às agrícolas não só pela tranquilidade do mercado financeiro, mas aproveitaram também o bom momento para voltarem às compras após as fortes baixas das últimas sessões.

A soja encerrou a sessão desta segunda-feira com altas de quase 20 pontos em seus principais vencimentos. Os ganhos incentivaram também o avanço dos mercados vizinhos, com isso, o milho fechou o dia com pouco mais de 4 pontos positivos e o  trigo com subindo mais de 3 pontos.

Veja como ficaram as cotações no fechamento da Bolsa de Chicago:

>> SOJA

>> MILHO

>> TRIGO

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário