Marcos Jank comunica que deixará a presidência da UNICA

Publicado em 27/03/2012 15:30 394 exibições
A União da Indústria da Cana-de-Açúcar (UNICA) informa que o engenheiro agrônomo Marcos Sawaya Jank comunicou, durante a reunião plenária dos associados da entidade realizada nesta data, que deixará de ocupar o cargo de Diretor-Presidente da UNICA nos próximos meses.  A decisão foi tomada de comum acordo com o Conselho Deliberativo da entidade e não será imediata, já que Jank permanecerá no cargo o tempo que for necessário para permitir a adequada transição. Como Jank está fora do País, a comunicação aos associados se deu por carta (ver abaixo).

Jank assumiu a Presidência da UNICA em julho de 2007 promovendo uma ampla reformulação nos rumos e na atuação da entidade. A ação da UNICA foi intensificada em todas as esferas governamentais gerando importantes resultados para o setor sucroenergético nas áreas fiscal, econômica, trabalhista, ambiental e regulatória. A entidade passou a ter forte presença internacional, sendo pioneira na abertura de escritórios próprios em Bruxelas e Washington. Este último teve fundamental e reconhecida atuação para garantir a classificação, pelo governo americano, do etanol de cana-de-açúcar como “biocombustível avançado” (por reduzir expressivamente a emissão de gases causadores do efeito estufa) e para eliminar a elevada tarifa que incidia sobre o etanol importado por aquele mercado há mais de três décadas.

Durante a gestão de Jank, a UNICA avançou significativamente na indução de práticas sociais e ambientais sustentáveis na cadeia produtiva do açúcar, etanol e bioeletricidade e sua comunicação ao público externo. Foi, sob a direção de Jank, a primeira entidade ligada ao agronegócio no mundo a produzir, em 2010, um relatório de sustentabilidade de suas empresas associadas de acordo com o padrão GRI (Global Reporting Initiative), que recebeu nota A+. A UNICA também atuou diretamente em iniciativas com grande repercussão ambiental e social, como a criação do padrão global de certificação Bonsucro e a implantação do Projeto RenovAção, que já requalificou 5 mil ex-cortadores de cana deslocados pela mecanização da colheita para novas profissões dentro e fora da indústria da cana.

Na área de comunicação, a UNICA adotou uma postura proativa, garantindo o atendimento à crescente procura pela mídia brasileira e internacional por informações setoriais, disseminando seus posicionamentos e atividades de forma transparente. Este trabalho ampliou o acesso ao setor sucroenergético para centenas de delegações estrangeiras – foram quase 1.000 visitas de 65 países desde 2007. Na gestão de Jank, a UNICA também liderou iniciativas setoriais inovadoras e premiadas, como o Projeto AGORA, que reúne 19 entidades e empresas ligadas à cadeia sucroenergética, selecionado pela Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje) como o melhor projeto de comunicação empresarial do País em 2011.

ADENDO

Para baixar a carta de Marcos Jank lida hoje na abertura da Reunião Plenária de associados da UNICA, clique neste link:

http://unica.com.br/downloads/CartaMarcos.pdf

Fonte:
UNICA

0 comentário