Açúcar: Rabobank estima aumento do excedente mundial e preços podem recuar ainda mais

Publicado em 18/12/2012 14:00 362 exibições
Nesta terça-feira (18), o Rabobank divulgou uma nota elevando o excedente mundial de açúcar em 27% para 6,6 milhões de toneladas. Segundo o banco, esse increcmento se dá por conta de melhores condições climáticas no Brasil para a cultura da cana-de-açúcar durante os últimos meses, favorecendo o avanço da colheita e dos processamento. 

A perspectiva do Rabobank é de que o esmagamento brasileiro de cana na região Centro-Oeste ultrapasse as 520 milhões de toneladas, com um teor de ATR (Açúcar Total Recuperável) em torno de 136 quilos/tonelada, índice 2% menor do que o registrado na temporada anterior. A estimativa é de que a regiao produza 33,3 milhões de toneladas de açúcar e 20,8 bilhões de litros de etanol. Com esses números confirmados, a alta seria de 6 e 1%, respectivamente, em relação ao ciclo precedente. 

Preços - Frente a esse excedente de oferta de açúcar, os preços internacionais da commodity vêm registrando uma lenta, porém constante, desvalorização. 

Nos últimos quatro meses, os futuros do açúcar demerara negociados na Bolsa de Nova York ficaram confinados em um intervalo entre 19 e 22 centavos de dólar por libra-peso. Caso se confirme um segundo excedente global, há o risco de que a commodity possa cair ainda mais. 

Na sessão desta terça-feira (18), o açúcar negociado em NY operava com todos os vencimentos na casa dos 19 cents/libra-peso, registrando perdas de pouco mais de 20 pontos nas posições de mais curto prazo. 
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário