Dívida do setor de cana diminuiu 8,6% no acumulado de 2016/17, diz Archer

Publicado em 09/09/2016 07:32
121 exibições

A depreciação do dólar ante o real permitiu ao setor sucroenergético reduzir o endividamento. Cálculos da Archer Consulting mostram que do início da safra 2016/17, em abril, até agosto a dívida acumulada pela indústria sucroalcooleira diminuiu 8,6%, de R$ 92,88 bilhões para R$ 84,85 bilhões, ao passo que a moeda norte-americana cedeu 9,4%, para R$ 3,25. Da dívida total do setor, 34,7% seriam em dólar, segundo o diretor da consultoria, Arnaldo Luiz Corrêa,

Pela previsão da Archer, o Centro-Sul, que responde por 90% da produção de cana-de-açúcar do País, processará 618,5 milhões de toneladas da matéria-prima nesta safra, que vai até 31 de março do ano que vem. Corrêa ponderou, entretanto, que esses números serão revisados em breve após as adversidades climáticas nos últimos meses, incluindo chuvas em excesso e geadas. "Está se caminhando para 605 milhões de toneladas", disse ao Broadcast Agro, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado.

Leia a notícia na íntegra no portal Brasil Agro.

Fonte Brasil Agro

Nenhum comentário