Etanol/Cepea: Indicadores têm as maiores desvalorizações desde o início da safra 21/22

Publicado em 25/05/2021 09:46 89 exibições

Após duas semanas com o mercado spot do etanol hidratado aquecido no segmento produtor do estado de São Paulo, a situação se inverteu. O número de negócios e o volume comercializado caíram nos últimos dias, e os preços do biocombustível acompanharam esse movimento. Segundo colaboradores do Cepea, a recente alta nas bombas, que acentuou a perda de competitividade do etanol hidratado frente à gasolina, reduziu a demanda pelo biocombustível, pressionando as cotações. Já a oferta do hidratado se elevou, aumentando a pressão sobre os valores. Assim, entre 17 e 21 de maio, o Indicador CEPEA/ESALQ do etanol hidratado fechou a R$ 2,9107/litro, recuo de 4,53% frente à média da semana anterior. No caso do etanol anidro, a queda foi de 2,33%, no mesmo comparativo, com o Indicador CEPEA/ESALQ fechando em R$ 3,4120/litro. Essas são as baixas mais expressivas para os dois tipos de etanol desde o início da temporada 2021/22. 

Fonte:
Cepea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário