Preço do etanol no BR está 4% maior que do açúcar Nº 11 NY pela 2ª semana seguida

Publicado em 17/06/2021 11:46 e atualizado em 17/06/2021 13:13 687 exibições
Levantamento da trading Czarnikow aponta indicador semanal de US$ 17,96 c/lb do etanol hidratado nas usinas do Brasil, sobre US$ 17,29 c/lb do açúcar

LOGO nalogo

O preço semanal do etanol hidratado nas usinas do Brasil (US$ 17,96 c/lb), com base nos indicadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea, da Esalq/USP), está 4% maior que o do açúcar na Bolsa de Nova York (US$ 17,29 c/lb) pela segunda semana consecutiva, segundo levantamento da trading inglesa Czarnikow.

A apuração considerou a semana de 7 a 11 de junho e um dólar de R$ 5,07.

Preços do açúcar sobre o etanol hidratado no Centro-Sul do Brasil - Fonte: Czarnikow
Preços do açúcar sobre o etanol hidratado no Centro-Sul do Brasil - Fonte: Czarnikow

Para o etanol anidro, a diferença entre o valor do tipo do biocombustível (US$ 19,34 c/lb), a diferença é ainda maior, de quase de 14%. Na segunda-feira (14), o açúcar vendido no Brasil pelo indicador Cepea era de R$ 116,89 a saca de 50 kg, considerando um ICMS de 7% e o preço doméstico do etanol em Paulínia (SP) no dia era de R$ 3.010/m³.

Na última semana, a apuração da Czarnikow já apontava um etanol hidratado 2% maior que o açúcar Nº 11 em NY e o anidro 11% mais valorizado que o adoçante.

Variação do indicador semanal do etanol hidratado do Cepea - Fonte: Czarnikow
Variação do indicador semanal do etanol hidratado no Centro-Sul do Brasil - Fonte: Czarnikow

Apesar do cenário mais vantajoso ao etanol neste momento, em entrevista ao Notícias Agrícolas, Guilherme Bellotti, gerente da consultoria Agro do Itaú BBA, destacou que as usinas de cana no país já fixaram um grande volume de açúcar  para a safra 2021/22, mas que ainda há possibilidade de os produtores se beneficiaram dessas altas.

 “Neste ano, nós temos uma flexibilidade de mix um pouco mais rígida porque grande parte das usinas já entraram na safra com volume fixado de açúcar um pouco maior, com cerca de 85% do que vai ser produzido e exportado. Ainda assim, não dá pra descartar a hipótese de que nós tenhamos algum aumento da destinação do ATR para a produção do etanol”, disse Bellotti.

“Do ponto de vista de atratividade econômica, hoje eles são muito parecidos [açúcar e etanol] e, no caso do etanol você tem as vantagens de ter uma liquidez maior e um ciclo de caixa mais rápido”, complementou o analista.

Veja mais:
» Preços do etanol sobem no Brasil e começam a ganhar competitividade sobre o açúcar

Com a valorização dos preços do etanol nas usinas do Brasil, os valores também são repassados ao consumidor final. A paridade do etanol sobre a gasolina na última semana ficou em 77,5% em São Paulo, segundo a Czarnikow, com opção de consumo para a gasolina, considerando um preço do etanol de R$ 4,19 o litro e R$ 5,41/l da gasolina no Brasil.

Paridade de preço do etanol sobre a gasolina nas bombas - Fonte: Czarnikow
Paridade de preço do etanol sobre a gasolina nas bombas - Fonte: Czarnikow

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário