China leiloará reservas de açúcar para conter preços

Publicado em 18/11/2010 06:57 170 exibições
 A China leiloará 200 mil toneladas de suas reservas de açúcar em 22 de novembro com o objetivo de garantir o fornecimento e frear o aumento do preço do produto, anunciou nesta quarta-feira (17) o Ministério do Comércio em seu site.

O açúcar será vendido às companhias de processamento de alimentos por 4 mil yuans (US$ 597) por tonelada, anunciou.

Esse será o segundo leilão durante o período de produção entre 2010 e 2011. O governo vendeu 210 toneladas de açúcar das suas reservas em 22 de outubro. O preço final foi de 6.680,56 yuans (US$ 1.005) por tonelada em média.

O preço do açúcar vem crescendo para mais de 6 mil yuans (US$ 902) por tonelada desde os 2,8 mil yuans (US$ 421) em outubro de 2008.

Na Região Autônoma da Etnia Zhuang de Guangxi, a maior zona de produção de açúcar do país, os preços registraram um recorde de 7,6 mil yuans (US$ 1.142,85) por tonelada em 8 de novembro, um aumento de 74,7% em comparação ao mesmo período da temporada de produção de 2009 a 2010.

O Índice de Preços ao Consumidor, principal indicador da inflação, foi de 4,4% em outurbo, alta histórica em 35 meses.

O primeiro-ministro Wen Jiabao anunciou que o governo está considerando adotar medidas para controlar os preços.

Fonte:
Agência Xinhua

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário