Mercado de açúcar sofre com oscilações externas

Publicado em 23/02/2011 10:01 321 exibições
O mercado de açúcar vem fechando as últimas semanas em baixa. Para se ter uma ideia, em um mês, os vencimentos da safra 2011/2012 perderam 22 dólares por tonelada. Mas assim mesmo, o volume fixado para a safra 2011/2012 está entre 9,3 e 11,7 milhões de toneladas com preço médio de 24,32 centavos de dólar por libra-peso, de acordo com estimativas da Archer Consulting - assessoria em Mercado de Futuros, Opções e Derivativos, focada em gestão de riscos agrícolas.

Para Arnaldo Corrêa, gestor de riscos e diretor da Archer Consulting, há alguns pontos que devem ser considerados nessa conta de volumes negociados. "O clima no Brasil, o tamanho da safra brasileira, a exportação indiana, os conflitos no Oriente Médio que tem como pano de fundo a inflação dos alimentos, as importações de China e Rússia. O mercado viveu a semana alimentando-se de notícias, que agitaram os números para cima, vindas do Oriente Médio, da China e do Egito", completa.

Segundo ele, as informações desencontradas originadas dos conflitos no Egito deram conta de boa parte dessa oscilação. "Notícias davam conta que o governo egípcio dizia que o país tem estoques suficientes até outubro e que as refinarias estavam operando tranquilamente, outras diziam que leilões de compra estão programados para breve, pois o estoque de açúcar no país terminaria em maio. Enfim, o mercado de açúcar sofrendo todo tipo de interferência", afirma.

Fonte:
Archer Consultiing

0 comentário