Açúcar fecha em queda nesta terça-feira frente a preocupações com o Japão

Publicado em 16/03/2011 07:33 243 exibições
Os contratos futuros do açúcar encerraram o pregão de ontem com a maior queda diária em três meses. As especulações de que a demanda global irá recuar depois do terremoto seguido por tsunami no Japão nortearam o humor mercado. A decisão do Banco Central japonês de aumentar a liquidez de curto prazo no país não conseguiu conter o pânico dos investidores em relação ao risco de vazamento de radiação nuclear. Com tudo isso, o mercado reagiu de forma pessimista. Na bolsa de Nova York, os papéis para julho fecharam a 23,57 centavos de dólar por libra-peso, queda de 203 pontos. No mercado doméstico, o indicador Cepea/Esalq para a saca de 50 quilos ficou em R$ 70,78, com queda de 0,60%. No mês, a commodity já acumula desvalorização de 2,92%.
Fonte:
Valor Econômico

1 comentário

  • Telmo Heinen Formosa - GO

    Reynaldo G. Barrionuevo, empresário em São Vicente (SP), escreveu para o Joelmir Betting a respeito de produtos e subprodutos de cana, informando que já se extrai "também uma cera, substituta da cera de abelha e de carnaúba. A cera de cana é utilizada na confecção de cápsulas de remédios, na indústria de cosméticos e de alimentos (chiclete)". Diz que "quando a cana é moída, a cera de sua casca se mistura ao caldo e para nos filtros, com uma espécie de torta. Essa torta era dissolvida no vinhoto e bombeada para a lavoura, como adubo. Agora, é matéria prima para a cera". [Podemos ser bem menos dependentes do petróleo do que somos!].

    0