Colheita da cana-de-açúcar está atrasada em São Paulo

Publicado em 06/04/2011 07:52 236 exibições
Seca de 2010 atrapalhou o desenvolvimento das lavouras. A produtividade também vai ser prejudicada.
A colheita da cana-de-açúcar está atrasada em São Paulo. A seca que atingiu o estado, no ano passado, atrapalhou o desenvolvimento das lavouras. A produtividade também vai ser prejudicada.

Na propriedade de Maurício Pinatti, em Monte Aprazível, região noroeste de São Paulo, os 1,2 mil hectares de cana só começarão a ser colhidos em junho, dois meses depois do previsto. Além disso, o produtor vai moer 25% a menos em relação à safra passada.

Segundo a Unica, União da Indústria de Cana-de-Açúcar, a safra deste ano no estado de São Paulo vai diminuir quatro milhões de toneladas. A explicação para esta redução está na falta de chuva, nos meses de julho, agosto e setembro do ano passado. A seca atrasou o preparo da lavoura.

Em um canavial, a última colheita ocorreu em abril do ano passado, portanto a cana que está plantada já deveria estar sendo colhida.

João Aoki, engenheiro agrônomo, explica que o problema da cana está na quantidade de gomos, para começar a colher tem que estar com 15 ou16 gomos.

As usinas têm outra maneira de avaliar a cana. Nas semanas que antecedem a safra, técnicos fazem testes em laboratório. As amostras são processadas, moídas e passam por reações químicas, que determinam a quantidade de açúcar. Quanto mais doce, melhor: o produtor recebe mais dinheiro.

Em uma das maiores usinas do estado de São Paulo os testes indicam que o ideal é começar a colheita daqui a 10 dias.

Além do atraso, as indústrias vão moer menos em relação a 2010. Ao invés de 20 milhões de toneladas serão processadas 18 milhões.

São Paulo produz 60% da cana do país e mesmo com a queda na produção do estado, a previsão é de uma safra nacional maior que a do ano passado.

Fonte:
Globo Rural

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário