Preço do álcool em Mato Grosso é maior que o sugerido pelo Confaz

Publicado em 26/04/2011 10:09 314 exibições

O Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) reajustou a planilha de preços médios ponderados ao consumidor final na venda de combustíveis para serem praticados a partir do dia 1º de maio. O álcool deve passar a R$ 2,10 o litro. É R$ 0,12 maior que o preço médio ponderado pelo Conselho aos consumidores em Mato Grosso para este mês, que é de R$ 1,98. Apesar de ter a sugestão feita pelo conselho, os valores que são cobrados em vários municípios mato-grossenses não seguem a planilha e, na maioria deles, são superiores.

De acordo com o levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), na última semana, 140 postos do Estado foram pesquisados. O valor médio cobrado aos consumidores pelo etanol foi de R$ 2,23. O menor valor encontrado pelos fiscais da agência foi de R$ 1,91 o litro e, o maior, R$ 2,75.

Os menores preços médios analisados foram em Santo Antônio do Leverger (R$ 2,15), Várzea Grande (R$ 2,17), e Cuiabá (R$ 2,20).

Em Sinop, a média na última semana fechou em R$ 2,25, sendo o menor valor R$ 2,09 e o maior R$ 2,38. Foram 13 postos pesquisados.

Em Sorriso, a média foi maior, chegando a R$ 2,36 o litro. Com dez postos analisados, o menor valor encontrado pela ANP foi de R$ 2,13 e o maior, R$ 2,60.

Já em Alta Floresta, onde os preços são influenciados por questões logísticas como distância e transporte dos combustíveis, o preço médio chegou a R$ 2,42, sendo R$ 2,20 / litro o menor valor cobrado aos consumidores finais e, R$ 2,75 o maior.

Na nova planilha do Confaz, estão presentes ainda sugestões de preços para gasolina e diesel, que não tiveram alterações em relação ao mês passado e são mantidas em R$ 2,86 e R$ 2,23, respectivamente.

 

Fonte:
Só Notícias

0 comentário