Produção de açúcar não terá mais investimento do governo federal

Publicado em 22/06/2011 12:10 e atualizado em 22/06/2011 14:36 427 exibições
A produção brasileira de açúcar não terá mais investimento do Governo Federal. Segudo Edison Lobão, ministro de Minas e Energia, o crédito oficial para o produto vai acabar. A medida é parte da política de incentivo à produção de etanol, que pretende evitar que a escassez do combustível se repita em 2012.

"Não somos contra o açúcar, mas somos mais a favor do etanol neste momento. É uma questão estratégica de atender ao interesse nacional de produzir etanol, para que não haja desabastecimento e os preços não se elevem", disse o ministro.

Neste ano, a falta de etanol provocou uma forte alta nos preços que, por sua vez, colaborou para uma aceleração dos índices de preços. Movimento este que acabou oferecendo ao Banco Central uma justificativa para uma elevação dos juros.

Além do fim do subsídio ao açúcar, o governo informou ainda que será criada uma linha de crédito no BNDES - Banco Nacional de Desenvolvimento Econonômico e Social - para atender os produtores de etanol, sem limite de recursos pré-fixado.

Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário