Seminário debate desafios para produção de trigo no Paraná

Publicado em 09/08/2019 09:10
58 exibições

O 2º Seminário da Cultura do Trigo no Paraná será realizado, no dia 21 de agosto, das 8h às 17h, na Embrapa Soja, em Londrina (PR), em uma parceria entre a Embrapa, a Organização das Cooperativas do Brasil (OCB) e a Fundação Meridional de Apoio à Pesquisa. De acordo com o pesquisador da Embrapa Soja, Luis Cesar Tavares, a programação do seminário irá debater diferentes aspectos da produção de trigo no Paraná, assim como os desafios para indústria e o mercado. 

A programação do 2º Seminário - Cultura do Trigo no Paraná começa debatendo a qualidade Industrial do trigo, com palestra ministrada pela pesquisadora da Embrapa Trigo, Eliana Maria Guarienti. Para trazer as perspectiva da cultura do trigo no Brasil o convidado é o pesquisador Gilberto Rocca da Cunha da Embrapa Trigo. A programação contará ainda com palestra sobre germinação pré-colheita no trigo e as principais pragas e viroses.

Trigo - O trigo é um dos produtos agrícolas com maior relevância para o Paraná. Em levantamento da Companhia Nacional do Abastecimento (Conab) o Estado figura como maior produtor de trigo do Brasil, com uma área superior a 1 milhão de hectares, em 2019. “Além disso, a produção projetada para esta safra é de 2,7 milhões de toneladas, o que representa aproximadamente 50% da produção nacional de trigo”, diz Tavares. 
O seminário é gratuito e a inscrição pode ser feita aqui pelo site do evento.

Programação
8h - Credenciamento e entrega de material
8h15 - Qualidade Industrial do trigo - Eliana Maria Guarienti - Pesquisador da Embrapa Trigo
9h40 - Intervalo
10h - Perspectiva do trigo no Brasil - Gilberto Rocca da Cunha - Pesquisador da Embrapa Trigo
11h15 - Germinação pré-colheita no trigo - Manoel Carlos Bassoi - Pesquisador da Embrapa Soja
12h30 - Almoço
13h45 - Principais pragas em trigo - Paulo Roberto Pereira - Pesquisador da Embrapa Florestas
15h - Intervalo
15h15 - Viroses em trigo - Douglas Lau - Pesquisador da Embrapa Trigo

Fonte: Embrapa

0 comentário