Colheita gaúcha do trigo deve iniciar com perspectiva de bom potencial produtivo

Publicado em 03/10/2019 11:54
117 exibições
A preocupação, segundo a FecoAgro/RS, é em relação ao ritmo de negócios do cereal para exportação

A colheita das culturas de inverno no Rio Grande do Sul deve iniciar com a perspectiva de bom potencial produtivo. A avaliação é da Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado do Rio Grande do Sul (FecoAgro/RS). Mesmo as chuvas que chegaram ao Estado nesta semana não devem comprometer a produção.

Para o presidente da FecoAgro/RS, Paulo Pires, o potencial para a cultura do trigo é positivo para esta safra. Em regiões mais quentes das Missões, o trigo já está em formação e apresenta um ótimo desenvolvimento. “Devemos iniciar a colheita semana que vem, depois dessas chuvas. O trigo, até o momento, apresenta um bom potencial produtivo e mesmo os dias com as precipitações não vão prejudicar este potencial produtivo. Estamos confiando muito nisso”, observa.

A preocupação, segundo Pires, está na comercialização. Mesmo com a frustração de safra no Paraná, as vendas não estão fluindo. “No ano passado nós tivemos 600 mil toneladas de trigo exportação. Esse ano praticamente não se tem negócios ainda, então é uma notícia até certo ponto preocupante. A colheita vai ser muito boa, apresenta um grande potencial. Claro que enquanto não colher isto não está definido ainda, mas a questão da comercialização é que preocupa um pouco”, destaca.

Outras culturas de inverno como aveia e canola já estão sendo colhidas. Nas Missões, por exemplo, a cultura da canola está em plena colheita com potencial de 1,8 mil quilos por hectare de produtividade, o que é considerado um resultado relativamente bom para o produtor. 

Fonte: FecoAgro/RS

0 comentário