Safra Nova: USDA estima produção recorde de soja e milho nos EUA

Publicado em 10/05/2013 15:33 e atualizado em 10/05/2013 17:14 2295 exibições
O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) trouxe em seu boletim de oferta e demanda divulgado nesta sexta-feira (10) suas primeiras estimativas para a nova safra de grãos do Estados Unidos e também mundial. 

Os números para a temporada 2013/14 vêm bem acima dos registrados no ciclo anterior, quando uma das piores secas da história dos Estados Unidos provocou uma severa quebra de safra de 10 milhões de toneladas para a soja e mais de 100 milhões para o milho. 

Para a soja produzida nos Estados Unidos, o estimado pelo USDA é de que totalize 92,26 milhões de toneladas, com a produtividade estimada em 50,45 sacas por hectare. Os estoques finais devem totalizar, de acordo com o departamento, 7,21 milhões de toneladas. 

O órgão estimou ainda um volume de 46,13 milhões de toneladas para o esmagamento de soja e as exportações do ano comercial em 39,46 milhões de toneladas. As importações da China no mesmo período devem crescer para 69 milhões de toneladas. 

A produção mundial de soja foi estimada pelo USDA em 285,50 milhões de toneladas na safra 2013/14, contra pouco mais de 269 milhões da temporada atual, e os estoques globais podem chegar a 79,46 milhões de toneladas. O Brasil, segundo números do USDA, deve produzir 85 milhões de toneladas e a Argentina 54,5 milhões. A China, por sua vez, deverá colher cerca de 12 milhões de toneladas. 

No caso do milho, a estimativa do USDA é de que produção norte-americana seja de 359,18 milhões de toneladas, com uma área plantada de 39,38 milhões de hectares e a colhida em 36,22 milhões. O rendimento está projetado em 167,22 sacas por hectare. 

As exportações de milho dos EUA foi estimada pelo departamento em 33 milhões de toneladas, o uso para etanol em 123,2 milhões de toneladas, e os estoques finais do país em 50,9 milhões de toneladas. 

O USDA projetou ainda a produção global de milho em 965 mil toneladas. A previsão atual do órgão para a safra 2012/13 é de 857,12 milhões de toneladas. Para os estoques mundiais, o USDA espera 154,63 milhões de toneladas. O Brasil, de acordo com os números do USDA, deve colher 72 milhões de toneladas de milho, a Argentina 27 milhões e a China, 212 milhões de toneladas. 

A demanda mundial por grãos segue muito aquecida e, para o consultor de mercado do SIMConsult Liones Severo, essa produção de 92 milhões de toneladas será insuficiente para recompor os estoques e atender a procura global. "Isso acontece porque, a partir de agosto, o Brasil não vai mais exportar mais soja e toda a demanda mundial irá para os Estados Unidos novamente, ficando novamente sozinho para abastecer o mundo, e não será o suficiente", diz Severo. 

Confira, no link abaixo, a entrevista do analista na íntegra:

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário