USDA: EUA exportam, em uma semana, mais 494,8 mil toneladas de soja da safra 2013/14

Publicado em 30/01/2014 11:28 1156 exibições

Nesta quinta-feira (30), o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou o boletim de exportações semanais com as vendas da semana que terminaram no dia 23 de janeiro. 

Entre as safras 2013/14 e 2014/15, as exportações somaram 865,8 mil toneladas. Foram 494,8 mil toneladas da temporada atual, contra 703,4 mil toneladas da semana anterior. A China foi o principal destino do produto norte-americano, importando 251,3 mil toneladas do total. As vendas da safra 2014/15 ficaram em 371 mil toneladas e também recuaram em relação à semana precedente, quando foram vendidas 969,8 mil toneladas . Os principais compradores, nesse caso, foram destinos desconhecidos, com 243 mil toneladas. 

As exportações semanais de farelo de soja somaram 188,3 mil toneladas, sendo 68,3 mil toneladas da safra 2013/14 e 120 mil da 2014/15. Na semana anterior, as vendas da temporada atual foram de 241,4 mil toneladas e, da safra nova, 1,1 mil toneladas. 

O USDA informou ainda que as vendas semanais de óleo de soja da safra 2013/14 ficaram em 6,7 mil toneladas, enquanto as da semana anterior foram de 20,2 mil toneladas. 

No caso do milho, as exportaçõe totalizaram 1.943,6 milhão de toneladas entre as temporadas atual e nova. 

Foram 1.837,9 milhão de toneladas, contra 693 mil da semana anterior. O Japão foi o principal comprador do grão norte-americano, adquirindo 797,8 mil toneladas do total. Da safra 2014/15, os EUA exportaram 105,7 mil toneladas, contra 20,3 mil toneladas da semana precedente. Nesse caso, o Japão também foi o principal destino do produto. 

Já as vendas semanais de trigo, entre as duas safras, somaram 796,9 mil toneladas. Foram 794,9 mil tonelada da temporada 2013/14 frente às 421,4 mil toneladas da semana anterior. O Japão também foi o principal comprador do cereal norte-americano, adquirindo 174,8 mil toneladas. Sobre a safra 2014/15, o USDA reportou a venda de 2 mil toneladas, contra as 8 mil toneladas negativas da semana anterior, e a Coreia do Sul foi o principal comprador. 

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário