USDA: Exportações semanais de soja dos EUA ficam acima do esperado, de milho ficam abaixo

Publicado em 14/08/2014 12:46 700 exibições

Nesta quinta-feira (14), o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou seu novo boletim de vendas para exportação com números para a semana que terminou no dia 7 de agosto. 

Entre as safras velha e nova, os EUA venderam 1.143,2 milhão de toneladas de soja, número que ficou acima das expectativas do mercado de 1 milhão de toneladas. Foram 61,4 mil da temporada 2013/14 e 1.081,8 milhão da 2014/15. Na semana anterior, esses números foram de 94,9 mil e 1009,0 milhão de toneladas, respectivamente.

Sobre o farelo de soja, o USDA informou um recuo expressivo nas vendas e o saldo semanal entre as duas safras foi de 120,4 mil toneladas. De 2013/14, as vendas ficaram negativas em 31,7 mil toneladas, contra 252,1 mil toneladas, já de 2014/15, foram vendidas 152,1 mil toneladas contra as 479 mil reportadas no boletim da semana anterior. 

No acumulado do ano, as vendas da safra velha totalizam 10.304,0 milhões de toneladas frente à última estimativa do USDA de 10.570,0 milhões. 

No óleo de soja as vendas também vieram bem menores do que as registradas na semana anterior. O saldo da semana foi de 2 mil toneladas, sendo 6,7 mil da safra nova e 4,7 mil negativas da safra velha. No boletim passado, esses números foram de 10 mil e 15,5 mil, respectivamente. 

As vendas da temporada 2013/14 de óleo de soja já acumulam 805,9 mil toneladas, contra 840 mil da última estimativa do departamento norte-americano. 

O USDA informou ainda que os EUA venderam, na semana que terminou em 7 de agosto, 670,7 mil toneladas de milho. O número ficou aquém do que era esperado pelo mercado, já que as expectativas trabalhavam na casa de 750 mil toneladas. Da safra 2013/14, as vendas ficaram negativas em 117,2 mil toneladas, contra 120 mil da semana anterior e, da safra nova, foram 787,9 mil toneladas, contra 758,7 mil. 

No acumulado do ano comercial corrente, as vendas norte-americanas já totalizam 48.618,7 milhões de toneladas, frente à projeção do departamento de 48.770,0 milhões de toneladas. 

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário