USDA: Expectativas indicam redução nos estoques de soja e aumento nos de milho dos EUA

Publicado em 09/12/2014 14:49 708 exibições

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) traz, nesta quarta-feira (10), seu novo boletim mensal de oferta e demanda. Apesar de serem esperados alguns ajustes pelo mercado, a opinião comum entre os analistas é de que os boletins de dezembro são, geralmente, mais consevadores. 

"O USDA deve entrar no espírito das festas de final de ano e cortar alguns números dos estoques finais. Se formos honestos com nós mesmos, muitos de nós iremos admitir não esperar muito da rodada de números do USDA para dezembro. Os traders estão no 'modo final de ano' e muitos já se preparam para o que poderemos observar em janeiro. Mas, mesmo que isso esteja acontecendo, há um relatório na próxima quarta-feira e, antes disso, há as expectativas do mercado para esse boletim", disse o analista sênior do site norte-americano DTN The Progressive Farmer, Darin Newsom. 

Estoques Finais - EUA

Para os estoques finais norte-americanos de soja, as expectativas indicam uma redução em relação aos números de novembro. As projeções variam de 10,89 milhões a 12,38 milhões de toneladas, com uma média dem 11,73 milhões de toneladas. No relatório anterior, os estoques foram reportados em 12,25 milhões de toneladas. 

Já sobre os estoques finais de milho do país estão sendo esperados em algo que varie de 49,23 milhões a 52,86 milhões de toneladas, com uma média de 51,26 milhões de toneladas. Em novembro, o número veio em 51,01 milhões de toneladas, ou seja, nesse próximo boletim, o dado poderia vir ligeiramente maior.

Estoques Finais - Mundo

Sobre os estoques finais de soja mundias, as expectativas tem variado de 91,3 milhões a 88,5 milhões de toneladas. A média, nesse caso de 89,9 milhões, ficaria abaixo do número de novembro, quando o USDA reportou os estoques em 90,3 milhões de toneladas. 

Para o milho, os números ficam entre 189,6 milhões e 192,9 milhões de toneladas, com uma média de 191,3 milhões de toneladas. No reporte do mês passado, os estoques finais globais do cereal foram estimados pelo departamento em 191,5 milhões de toneladas. 

Safra de Grãos da América do Sul

Para a produção de soja do Brasil na safra 2014/15, estimada em novembro pelo USDA em 94 milhões de toneladas, há poucas mudanças. Há expectativas indicando a manutenção desse número, enquanto a Reuters aposta em 93,39 milhões de toneladas. Para a colheita da Argetina, a agência aposta em um aumento de 55 para 55,45 milhões de toneladas e outras projeções acreditam que o número não passará por ajustes. 

Em novembro, o USDA estimou a safra brasileira de milho em 75 milhões e a argentina em 23 milhões de toneladas. Agora, as expectativas variam de 74 a 74,01 milhões de toneladas para o Brasil e de 22 a 23,07 milhões de toneladas para a Argentina. 

Com informações do site internacional DTN The Progressive Farmer

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário