USDA deve trazer números menores para soja e milho nos EUA nesta 5ª feira

Publicado em 09/08/2017 16:14
5429 exibições

O novo boletim mensal de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) chega nesta quinta-feira, 10 de agosto, e, segundo acredita o analista sênior do portal internacional DTN, Darin Newson, "as mudanças estão chegando". A maior notoriedade deste reporte se dá, principalmente, pelos números baseados, pela primeira vez no ano, em pesquisas de campo. 

"O clima de julho é, agora, um fator importante, embora seja importante lembrar que, em determinados casos, os números do departamento sobre a condição das safras não são levados em conta nos relatórios de produção", explica Newson. 

Assim, o importante não é, exatamente, saber que mudanças serão observadas entre os números, mas as extensões dessas mudanças, ainda de acordo com o analista. No milho, as alterações esperadas para as estimativas são bem mais severas do que para a soja. 

Veja, na sequência, os números detalhados. 

Milho EUA

A média esperada para a produtividade do milho nos Estado Unidos é de 175,7 sacas por hectare, dentro de um intervalo de 172,3 e 178,35 sacas. O número é bem menor do que as 180,67 sacas estimadas em julho. Assim, se espera, portanto, uma produção menor também, a qual poderia ficar em 351,58 milhões de toneladas contra 362,1 milhões do boletim passado. As expectativas variam de 345,21 a 357,4 milhões de toneladas. 

Sobre os estoques finais norte-americanos do cereal, para a safra 2017/18 se espera uma média de 49,94 milhões de toneladas, contra 59,06 milhões do reporte anterior. Já para os números da safra 2016/17, a média esperada é de 60,1 milhões, também menor do que o observado em julho, de 60,96 milhões.

Soja EUA

No caso da soja, o rendimento médio projetado pelo mercado é de 53,75 sacas por hectare, abaixo das 54,42 projetadas em julho. O intervalo esperado pelos traders é de 53,17 a 54,42 sacas por hectare. Com isso, a colheita poderia ser reduzida, ainda de acordo com as expectativas do mercado, para 114,36 milhões de toneladas, contra as 115,94 milhões estimadas no último mês. 

O mercado espera também estoques finais menores nos EUA para 2017/18, esperando uma redução de 12,52 para 11,59 milhões de toneladas. Já para 2016/17, de 11,16 milhões para 10,91 milhões de toneladas. 

Estoques finais mundiais

Sobre os estoques finais mundiais, o mercado projeta uma quase manutenção nos números do milho para a safra velha, com o total passando de 227,5 para 227,2 milhões de toneladas. As expectativas variam de 226 a 228,5 milhões de toneladas. No caso da soja, a média projetada pelo mercado é de 94,4 milhões de toneladas - algo entre 93,5 e 95 milhões de toneladas - contra as 94,8 milhões de toneladas de julho. 

No caso da safra nova, os números poderiam vir menores no caso das duas culturas se comparados ao boletim de julho. Para a soja, são esperada 92,2 milhões de toneladas, enquanto o boletim anterior trouxe 93,5 milhões. No caso do milho, esse número poderia cair de 200,8 milhões para 194,7 milhões de toneladas. 

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário