Trigo: USDA traz novo aumento na safra global e preços recuam mais de 9 pts em Chicago

Publicado em 12/01/2018 15:26
594 exibições

LOGO nalogo

Nesta sexta-feira (12), o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) reportou seu novo boletim de oferta e demanda mundial para a cultura do trigo. Mais uma vez, o ógrão revisou para cima a safra global do grão na temporada 2017/18 de 755,21 milhões para 757,01 milhões de toneladas.

Logo após o reporte do USDA, as cotações futuras do trigo negociadas na Bolsa de Chicago (CBOT) operavam em campo negativo. Às 15h13 (horário de Brasília), as principais posições da commodity testavam quedas de mais de 9 pontos. O vencimento março/18 era cotado a US$ 4,24 por bushel e o maio/18 operava a US$ 4,37 por bushel. 

Já os estoques finais mundiais do cereal apresentaram ligeira alteração e recuaram de 268,42 milhões para 268,02 milhões de toneladas. Os estoques finais norte-americanos também exibiram leve oscilação e subiram de 26,13 milhões para 26,92 milhões de toneladas.

Em contrapartida, a safra de trigo dos Estados Unidos foi mantida em 47,37 milhões de toneladas. As exportações americanas também ficaram em linha com o indicado no último boletim, de 26,54 milhões de toneladas.

As projeções para a safra do Brasil, do ciclo 2017/18, permaneceram iguais. A safra foi mantida em 4,25 milhões de toneladas, os estoques finais em 1,53 milhão de toneladas, as exportações estimadas em 800 mil toneladas e as importações em 8 milhões de toneladas do cereal.

No caso da Argentina, a produção desta temporada também permaneceu inalterada em 17,50 milhões de toneladas. Já os estoques finais passaram de 530 mil para 330 mil toneladas. As exportações apresentaram ligeiro ajuste, subindo de 11,70 milhões para 11,90 milhões de toneladas. 

Ainda no reporte o USDA trouxe suas novas estimativas para a safra de trigo da União Europeia. A expectativa é de uma produção próxima de 151,60 milhões de toneladas, pouco abaixo do indicado em dezembro, de 152,50 milhões de toneladas. Os estoques ficaram em 12,62 milhões de toneladas, contra os 12,02 milhões de toneladas estimados anteriormente. As exportações recuaram de 28,50 milhões para 27 milhões de toneladas.

Para a Rússia, o departamento elevou a estimativa de safra de 83 milhões para 85 milhões de toneladas nesta temporada. A exemplo da safra, as exportações também subiram e passaram de 33,50 milhões para 35 milhões de toneladas. Na contramão desse cenário, os estoques finais do país caíram de 16,83 milhões para 16,33 milhões de toneladas.

As estimativas para a safra de trigo da Ucrânia ficaram em linha com o reporte de dezembro. Os produtores deverão colher 26,50 milhões de toneladas. Os estoques finais ficaram em 1,51 milhão de toneladas e as exportações em 17 milhões de toneladas. 

Confira a tabela abaixo:

Trigo - USDA - Janeiro

Tags:
Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário