USDA: Vendas semanais de soja dos EUA tem mais uma semana de números fracos

Publicado em 01/08/2019 11:51
896 exibições
Dados do milho vêm abaixo do esperado

LOGO nalogo

Os números do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) para as vendas semanais de soja para exportação vieram fracos mais uma vez. Na semana encerrada em 25 de agosto, somaram apenas 143,1 mil toneladas, mas ainda assim ficaram dentro das expectativas do mercado de 100 mil a 700 mil toneladas. O principal destino da oleaginosa norte-americana foi o Japão. 

No acumulado do ano comercial, o total de soja já comprometido pelos EUA é de 48.725,0 milhões de toneladas, ainda bem distante do mesmo período do ano anterior, quando eram mais de 58 milhões de toneladas vendidas. A estimativa do USDA é de que o ano comercial se encerre com um saldo exportado de 46,27 milhões. 

Ainda de acordo com o reporte, outras 305,5 mil toneladas de soja da safra 2019/20 também foram vendidas pelo USDA na última semana, com destinos não revelados sendo os principais compradores. 

MILHO

As vendas semanais de milho para exportação, na última semana, também somaram 143,1 mil toneladas, enquanto as expectativas do mercado oscilavam entre 300 mil e 850 mil toneladas. Mesmo baixo, o total é 18% maior do que o da semana anterior, mas 43% menor se comparado à média dos últimos quatro anos. O México foi o principal destino do cereal dos EUA. 

Os americanos já venderam 49.855,3 milhões de toneladas, contra mais de 59 milhões do ano passado, nesse mesmo período. A estimativa final do USDA para as exportações 2018/19 de milho são de 53,34 milhões. 

Da safra 2019/20, as vendas também foram fracas e totalizaram somente 129,6 mil toneladas, com os mexicanos também respondendo pela maior parte. 

TRIGO

Os Estados Unidos venderam também 383,1 mil toneladas de trigo na semana encerrada no último dia 25, contra expectativas de 300 mil a 600 mil toneladas. Nesse caso, o Brasil foi o maior comprador dos EUA, com 85 mil toneladas. 

Tags:
Por: Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário