USDA: Mercado aposta em aumento na produção e estoques de soja dos EUA

Publicado em 11/10/2011 10:55 1234 exibições
O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulga nesta quarta-feira (12) mais um relatório mensal de oferta e demanda. A expectativa ao redor deste boletim é bastante grande, uma vez que deve os números devem conduzir as negociações nas próximas sessões na Bolsa de Chicago.

Uma pesquisa feita pela agência Dow Jones trouxe a médias das estimativas de diversos analistas para o reporte desta semana.

De acordo com o estudo, a expectativa para a safra norte-americana de milho é de 317,321 milhões de toneladas. O volume estimado é menor do que o divulgado pelo USDA no mês passado - 317,4 milhões de toneladas. Caso os números se confirmem, a colheita terá um aumento de 0,4% em relação à anterior.

Para os estoques em 31 de agosto de 2012, a pesquisa da Dow Jones estima um aumento de 18,3% em comparação aos números divulgados pelo departamento em setembro (17,07 milhões de toneladas), totalizando 20,19 milhões de toneladas.

Os analistas afirmam que esse número é decorrente do considerável volume de milho ainda remanescente da temporada passada.

Sobre a produtividade, a Dow Jones traz uma expectativa média do mercado de 157,6 sacas por hectare. O rendimento, caso se confirme, será 0,5% maior do que o estimado em setembro.
 
No caso da soja, os números da agência apontam para um produção de 84,21 milhões de toneladas, volume maior do que o reportado pelo departamento em setembro - 83,96 milhões de toneladas.  

Segundo analistas ouvidos pela Dow Jones, esse aumento estimado na produçao é consequência da melhor produtividade registrada. A estimativa é de que a safra norte-americana renda cerca de 47,08 sacas por hectare, 0,4% a mais do que o estimado em setembro pelo USDA - 46,85 sacas.

Sobre os estoques, o que o estudo da agência mostra é que, em 31 de agosto de 2012, eles devem estar em 4,93 milhões de toneladas, superando as 4,16 milhões de toneladas reportadas no relatório de setembro.

Com informações da Dow Jones

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário