Excesso de chuvas no Paraná ainda não refletiu em aumento nos casos de ferrugem na soja, mas é preciso ficar atento

Publicado em | 7 exibições

IDR-Paraná avalia que grande volume de precipitação ajudou a “lavar” os esporos da ferrugem e evitar mais números de casos nas lavouras. Já outras doenças como oídio e mancha alvo aumentaram no período. Produtores esperam cessar das chuvas para retornar ao campo e realizar novas aplicações defensivas