Chuvas previstas para os próximos dias no Sudoeste de MS não serão suficientes para reduzir ritmo de perdas nas lavouras de soja

Publicado em 02/12/2016 13:43 e atualizado em 02/12/2016 15:15
1350 exibições
Chuvas previstas para os próximos dias no Sudoeste de MS não serão suficientes para reduzir ritmo de perdas nas lavouras de soja
Confira a entrevista de Paulo Murray - Engenheiro Agrônomo

Podcast

Chuvas previstas para os próximos dias no Sudoeste de MS não serão suficientes para reduzir ritmo de perdas nas lavouras de soja

Download

 

As chuvas previstas para os próximos dias no Sudoeste de Mato Grosso do Sul não deverão ser suficientes para reduzir o ritmo de perdas nas lavouras de soja. A constatação veio a partir da análise da ferramenta Crop View, que trouxe os índices de produtividade para a soja na região de Caarapó (MS).

Há 30 dias, os produtores enfrentam chuvas que atendem apenas de forma irregular às lavouras, o que vem ameaçando o cultivo.

Na simulação do Crop View, que trouxe uma média dos índices de produtividade para a região dos anos de 2012 até o ano de 2016, é possível notar uma irregularidade nos índices ao longo dos anos. Na média, os plantios obtêm mais sucesso logo após o vazio sanitário até o começo de outubro. Os índices de produtividade vão de 59% a 75%.

O ano de 2016, no entanto, se mostra complicado em qualquer momento, com uma penalização bastante progressiva. Quem deixou para plantar a partir de agora tem poucas chances de sucesso na lavoura.

Quem deixou para plantar em 20 de setembro, com uma estimativa que leva em consideração um potencial de 65 sacas, deverá ter uma produtividade de 75% no final da safra. Próximo ao dia 8 de dezembro, o déficit hídrico no solo chegará a quase zero, mas ele volta logo após, o que será prejudicial para o período de enchimento de grãos.

Com isso, o plantio em 1 de outubro deverá trazer 66% de produtividade ao final da safra e, para 1 de novembro, a produtividade fica em 59%.

Os internautas que quiserem conhecer a ferramenta CropView podem acessar o site www.cropview.com.br. Ao realizar o cadastro, são 30 dias grátis para experimentar a ferramenta e observar as melhores condições para a sua área de plantio.

Também é possível entrar em contato com a Rural Tecnologia por meio do telefone (11) 5505-4646.

Por: Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Luiz Fernando Ehlers Cidade Gauchá - PR

    Só esta faltando adicionarem mais cidade nesse CROPVIEW, a minha região mesmo não tem...

    0