Avaliação da safra argentina, safra com potencial atual de algo entre 55 e 56 milhões de ton.

Publicado em 27/01/2017 16:39 e atualizado em 30/01/2017 14:31
903 exibições
No balanço final, estimativa do diretor da Labhoro é de produtividade média da soja argentina entre 49 e 50 sacas por hectare, com a safra com potencial atual de algo entre 55 e 56 milhões de toneladas. No entanto, tudo depende do comportamento do clima nessa fase de conclusão das lavouras.
Avaliação da safra argentina: Notícias Agrícolas e Labhoro chegam ao final do crop tour Argentina 2017

2 comentários

  • BRUNO LIBERATI Wenceslau Braz - PR

    Com esse câmbio flutuante fica difícil tomar uma decisão de vender ou não a soja. O valor da sc está muito sensível a cotação do dolar, o medo é que ele caia pra casa dos R$ 3,00, aí vai ferrar todos nós! ? Já em relação a produção, a especulação vai reinar até 30 de abril... De longe, no meu ponto de vista, a comercialização é a parte mais difícil do plantio. Abraço a todos, e vamos em frente!!!

    2
    • carlo meloni sao paulo - SP

      Com a inflação controlada o BC não teria como explicar essa redução---Eu acho que vai ficar por ai.

      0
    • carlo meloni sao paulo - SP

      Ontem fiz um comentário analisando somente o comportamento do nosso Banco Central----Mas hoje estou percebendo que o dólar vai se desvalorizar sozinho perante a cesta das demais moedas.---

      0
  • Carlos Alberto Pasquini Tangará Da Serra - MT

    O governo brasileiro vive encantado em dar notícias que nem sempre são satisfatórias para o agricultor... essas notícias de super safra, safra cheia, sem ao menos ter certezas, só faz baixar os preços agrícolas... pior é que, em plena safra brasileiras, ficam colocando expectativas que só prejudicam a parte mais sensível da produção, que é a comercialização. Também os consultores deveriam pensar muito antes de emitir opiniões, pois estas notícias não contribuem e ao contrário fazem pressão sobre os preços de nossas commodities... estamos no Mato Grosso com locais tendo problemas de soja ardido, que já nem se consegue colher, e mesmo assim os preços cairam 10% nesta última semana..., como fica quem tem que colher e pagar as contas? acredito que deveriam pensar a favor do agronegócio e não fazerem especulações que nos prejudicam. (Carlos Alberto Pasquini - Produtor de soja e milho).

    3
    • EDMILSON JOSE ZABOTT PALOTINA - PR

      Sr. Carlos Alberto , infelizmente este é o jogo que os grandes grupos fazem com quem realmente é a parte mais importante deste processo , mas que é facilmente enganada de várias formas . Uma delas é os chamados pacotes de insumos e demais muito antes do plantio fazendo com que o produtor já se comprometa e os grandes grupos tenham em suas mãos o produto que ele precisa , depois o problema é do produtor . A saída é estocar o produto em sua propriedade , e vender somente o que precisar naquele momento. E deixa a Indústria correr atrás.

      0
    • Nivaldo Porfirio Alvorada do Sul - PR

      Estou de acordo com o Sr Edmilson....somos esfolados pelas pseudo "cooperativas" e outros vendedores de insumos , sempre com argumentos tipo "pode faltar semente" , que nos enfiam goela abaixo os pacotes de insumos, um ano antes de iniciar o plantio, e invariavelmente com precos altissimos, ai eles ja garantem a safra deles.....e nos, produtores ficamos com as migalhas, tendo que aceitar o preco que eles querem pagar para o nosso produto.....nao devemos fazer troca, e sim estocar o produto, para acabar com estes atravessadores.

      0