Contribuição sindical deve ser facultativa para obrigar sindicatos a serem eficientes

Publicado em 11/08/2017 14:27 e atualizado em 12/08/2017 12:03
973 exibições
Contribuição sindical deve ser facultativa para obrigar sindicatos a serem eficientes

LOGO nalogo

O produtor rural José Baldassari, de Franca (SP), conversou com o Notícias Agrícolas para discutir a possível volta da contribuição sindical compulsória.

Hoje, no Brasil, são mais de 16.400 sindicatos, 11.200 de trabalhadores e mais de 5.000 de empregadores, além de confederações, federações e centrais sindicais.

Baldassari destaca que as informações são de que a Câmara dos Deputados é favorável a liquidar essa cobrança, enquanto a maioria do Senado é contrária e tenta escalonar o término dessa contribuição.

O Ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, indicou que uma medida provisória (MP) para a reforma trabalhista, que entrará em vigor em novembro, deve limitar a cobrança da contribuição sindical em um dia de trabalho. Assim, o movimento de muitos produtores, como Baldassari, é para que essa cobrança seja espontânea, paga apenas a sindicatos e outras entidades para as quais desejam contribuir.

Na opinião do produtor, "se o Brasil quiser ter sindicatos fortes, a contribuição obrigatória tem que terminar". Ele aponta a Federação de Agricultura do Estado do Paraná (Sistema FAEP) como um exemplo a ser seguido.

Direitos Trabalhistas na Rússia (STEPHEN KANITZ)

 

Perguntei a um administrador russo, como eram as relações com empregados depois de 70 anos de socialismo.

Para minha surpresa ele afirmou que “eram uma maravilha”.

“Tudo mundo cumpre suas metas de produção.”

Ele me explicou que durante o Socialismo, quem não cumpria a meta do mês tinha seu salário reduzido. ( artigo 118).

E se repetisse seria demovido a um cargo inferior.

“Hoje nenhum trabalhador aqui reclama, muito menos entra na Justiça do Trabalho.”

Óbvio, por 70 anos quem reclamasse seria transferido para a Sibéria.

As Leis do Trabalho durante o Socialismo, eram preocupadas com produção, mais do que proteção do salário.

Tanto é que o primeiro capítulo das Leis Trabalhistas Socialistas denominava-se “Do Trabalho Compulsório”.

Até estudante tinha que trabalhar, alô alô pessoal da Unicamp, USP e UNE.

Fica claro que o Socialismo foi um engodo para o trabalhador Russo, como foi para o trabalhador brasileiro, menos para os sindicalistas e os membros da nomenclatura.

Leia http://bit.ly/2tJJoAE

Por: Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

5 comentários

  • Augusto Mumbach Goiânia - GO

    Em sua maioria, o empresário não consegue obrigar ninguém a comprar seu produto ou serviço por força de lei. Da mesma forma, em sua maioria, o trabalhador não consegue obrigar a alguém a sua contratação. Por que, então, a contribuição sindical tem que ser obrigatória? Quer vender seu serviço, acrescente valor!!

    0
  • domingos de souza medeiros Dourados - MS

    De pleno acordo o plano: sera viavel finalmente?

    0
  • José Augusto Baldassari Franca - SP

    Porque existem 35 partidos políticos no Brasil? por motivo semelhante aos sindicatos... para meterem a mão no "Fundo Partidário" que, como sempre, sai do bolso do cidadão. Aliás, no Brasil, cidadão ainda é apenas uma cidade grande. Cidadania zero! mais um embuste... Há 35 partidos registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e, portanto, com acesso aos recursos do Fundo Partidário e a tempo de televisão para propaganda,a serem naturalmente negociados - ambos bancados com dinheiro público,isto é,o nosso como sempre... E a lista de novas siglas a serem criadas é vasta. No momento, há três em processo mais avançado no TSE: o Partido Liberal, o Partido dos Servidores PÚBLICOS (!) e Privados e o Muda Brasil. Além disso, há outras 24 "em formação", também segundo o TSE. JAB - Março de 2017.

    0
  • José Augusto Baldassari Franca - SP

    É o cúmulo continuarmos atrelados à força a sindicatos de araque... Por que existem no Brasil 17 mil sindicatos, um recorde mundial? A resposta é simples, o bilionário ervanário recebido e gasto por eles. Com o final desta extorsão, surgirão lideranças verdadeiras... e irão sobreviver aquelas que já desenvolvem um bom trabalho. Os pelegos picaretas naturalmente perderão o interesse em "liderar" sem esta mamata (que já dura mais de 70 anos)!

    0
    • VALDOMIRO RODANTE JUNIORPORANGATU - GO

      Chega de sermos extorquidos e enganados por quem nos finge representar!!!!

      0
  • Angelo Miquelão Filho Apucarana - PR

    Nada mais justo! Afinal de contas no modo como é, nenhum destes sindicatos tem interesse em mostrar serviço, pois sabem que receberam as "contribuições" que estão mais para impostos, pois são impositivas! Quando sou conclamado a contribuir, eu o faço de vontade própria e não obrigado. Qualquer outra forma que não esta, está longe de ser denominada contribuição... Fui claro ou preciso desenhar?

    1