Embrapa Solos e Notícias Agrícolas assinam termo de cooperação técnica

Publicado em 11/06/2018 15:40 e atualizado em 12/06/2018 16:09
2019 exibições
São dois os objetivos: 1) aumentar a produtividade dos solos brasileiros (na soja por exemplo, ultrapassar a barreira média de 50 sacas e atingir a meta de 100 sacas (proposta do CESB). 2) evitar perdas com erosão, compactação e lixiviaçao. Segundo levantamento divulgado durante o evento, o Brasil perdeu neste ano US$ 5 bilhões com solos erodidos.
José Carlos Polidoro - Chefe Geral da Embrapa Solos

Podcast

Entrevista com José Carlos Polidoro sobre convênio entre Notícias Agrícolas e Embrapa Solos

Download

LOGO nalogo

Nesta segunda-feira (11), o Notícias Agrícolas assinou um acordo de cooperação técnica com a Embrapa Solos (referencia mundial em solos tropicais) com o objetivo de divulgar os conceitos do projeto Construtores de Solos. A idéia é ampliar os resultados obtidos no projeto-piloto que foi realizado no Oeste da Bahia, com apoio da Abapa (Associação Baiana dos Produtores de Algodão). O Construtores de Solos vai agora para 8 regiões prioritárias do País, que sofrem consequencias da perda de fertilidade nos solos.

A notícia foi transmitida pelo chefe-geral da Embrapa Solos, José Carlos Polidoro e o jornalista João Batista Olivi. O pesquisador destacou que já são décadas e décadas de pesquisas sendo realizadas a respeito do tema, mas que há uma dificuldade de repassar essas informações para o produtor. Com a parceria, a ideia é comunicar diretamente como aqueles que têm de ser atingidos pela informação.

Olivi, por sua vez, considera que o acordo é um "projeto da vida", já que "a essência do Notícias Agrícolas é fazer a comunicação direta com o produtor rural". 

Polidoro aponta que, atualmente, o solo representa 1/4 da produção da saca de soja que o agricultor obtem. O objetivo é fazer com que este recurso natural represente metade dessa saca. "O solo deve ser um reservatório e um grande diferencial da produtividade no agronegócio", frisou o chege-geral da Embrapa Solos. Como exemplo informou que, por ano, são perdidos US$ 5 bilhões apenas com a quantidade de solos produtivos provocados pela erosão.

O projeto Construtores de Solos teve sua primeira edição em Luis Eduardo Magalhães (BA), uma área exemplar, na qual os solos frágeis foram construídos e colaboram diretamente para os resultados entregues.

No evento ocorrido no dia 26 de abril  o Notícias Agrícolas registrou a expressiva marca de 160 mil acessos (usuários únicos, que assistiram ao evento e entraram nas páginas de reportagem.

Os próximos passos envolvem mais oito áreas emergenciais dentro do Brasil e acordos humanitários com outros países, como a Etiópia.

Na segunda fase do projeto, o objetivo também é criar a figura do Guardião de Solo - um selo que será destinado a produtores rurais considerados referência na construção de solos e na disseminação de informações sobre o tema.

Daniel Olivi (Diretor-Executivo do Notícias Agrícolas), José Carlos Polidoro (Chefe-geral da Embrapa Solos), e o jornalista João Batista Olivi assinaram compromisso de divulgar as técnicas de conservação dos solos brasileiros.

Construtores de solo

Construtores de solo

Por: Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

5 comentários

  • Silvio Spera Sinop - MT

    Não é somente a erosão que tem induzido redução na capacidade produtiva dos solos brasileiros. A redução da permeabilidade, por compactação ou desestruturação de agregados, pode ser problema mais grave que a erosão. O uso contínuo dos solos com sucessões de monoculturas agrava essa situação.

    1
  • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

    Só mais uma "estórinha"...
    Fala-se muito em segurança alimentar, mas fala-se muito pouco em valor biológico do alimento.
    Acredito que essa "nova onda", onde as práticas agronômicas consideram o solo um organismo vivo.
    Acredito que os alimentos produzidos em cima desses solos vão apresentar um valor biológico satisfatório.
    Acredito em melhores refeições...
    QUEM VIVER VERÁ !!!

    2
  • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

    Vou aqui, na minha falta de humildade, adentrar no espaço em que nomes de peso do "FALA PRODUTOR" parabenizaram o "senhorzinho" JOÃO BATISTA, por mais essa vitória em defesa, não só do produtor rural, mas do "meio".

    Esse velho matuto faz uma retrospectiva de um nome que muito colaborou, para promover a Agricultura nos Trópicos, com o mínimo de stress ao "meio", se tornasse realidade. O "meio", que me refiro, é o ambiente onde os vegetais se desenvolvem, no caso solo e parte aérea.

    O "Seu" NONÔ PEREIRA, além de ser um dos pioneiros no desenvolvimento da técnica do plantio direto, foi um entusiasta, que difundiu a técnica em todos os cantos desse Brasil.

    "Seu" JOÃO, permita-me, discordar em um ponto com o Senhor. Quando o Senhor diz: que o acordo é um "projeto da vida".

    Penso, ou o Senhor está cansado e não quer mais pegar no pesado, ou está sendo muito humilde, pois a "sua vida" tem muito mais coisas BOAS para ser disponibilizadas ao "meio".

    Veja que o "meio", ao qual me refiro, não é a classe dos produtores rurais, ou ao ambiente, mas ... A TERRA !!!

    .... " SIGA EM FRENTE " ! ! ! ....

    4
  • Valdir Edemar Fries Itambé - PR

    Valeu João Batista Olivi, e equipe...

    "O solo é a base de alimento da produção do nosso próprio alimento, cuidar da saúde do solo é cuidar da nossa saúde".

    Está é a mensagem que sempre levei aos produtores rurais, aos quais, no decorrer de toda minha carreira técnica, que se iniciou ainda em janeiro de 1981 pela EMATER - PARANÁ, seguindo ao longo dos anos até os dias de hoje.

    Parabéns e sucesso João Batista Olivi, o seu sucesso na comunicação, é o sucesso das informações que recebemos no dia a dia através do NOTICIAS AGRÍCOLAS. Agora ainda mais com a parceria firmada com a EMBRAPA.

    Siga firme em seus propósitos...

    Como sempre bem diz o amigo: "VAMOS EM FRENTE, E VIVA O BRASIL"...

    Grande abraço.
    VALDIR FRIES
    Produtor rural em Itambé-Pr

    0
  • Telmo Heinen Formosa - GO

    Parabéns João Batista. Parabéns Daniel Olivi. Meus efusivos cumprimentos à toda equipe do site Noticias Agricolas por este feito, esta ENORME conquista. Está certo o João Batista que considera que o acordo técnico é um "projeto da vida", já que "a essência do Notícias Agrícolas é fazer a comunicação direta com o produtor rural".

    0
    • JOSÉ EDUARDO DA SILVAJANAÚBA - MG

      O solo é como a carne dos seres vivos, se nao tiver proteção será queimada, não terás atividade biologica que o salve, tornaras morto.... Nós, do Norte de Minas, precisamos criar um "case" de negocios na agricultura..., enfrentar o desafio de plantar até mesmo onde vc tem solo fracos, desde que chova..., precisamos superar solos com pouca agua, porem acidos, e baixa retenção de agua e altas temperaturas..., com se sabe, graos nao se produzem com altas temperaturas noturnas, milho 16 graus acima nao metaboliza, soja não suporta altas temperaturas, temos ataques pragas,... temos de fazer uma revirada nesta agricultura.

      0
    • LIONES SEVEROPORTO ALEGRE - RS

      Parabéns à equipe do Noticias Agrícolas, que alcançou a excelencia de grande contribuição à agricultura brasileira com merecido mérito.

      0
    • FABIANO PINTOALVARES FLORENCE - SP

      Como diz Mario Cortella "Vaca não da leite, tem que tirar" Solo não é só químico e físico temos também o biológico para podermos dizer que é solo agrícola Parabéns para todos os envolvidos

      0