Representantes das indústrias de máquinas estão em Brasília em busca de recursos para viabilizar Moderfrota nos próximos 70 dias

Publicado em 17/04/2019 11:46 e atualizado em 17/04/2019 14:46
1377 exibições
Setor pede mais R$2,5 bi para dar suporte às linhas de financiamento do Moderfrota e evitar que produção seja interrompida. Banco do Brasil já sinaliza que vai fazer um aporte de recursos para o programa, durante a Agrishow 2019
Pedro Estevão Bastos De Oliveira - Presidente do CSMIA da Abimaq

Podcast

Entrevista com Pedro Estevão Bastos De Oliveira - Presidente do CSMIA da Abimaq sobre as Linhas de crédito no segmento agrícola

Download

 

LOGO nalogo

O Notícias Agrícolas conversou com Pedro Estevão Bastos de Oliveira, presidente do CSMIA da Abimaq, a respeito da suspensão das linhas de crédito para o Moderfrota e o Inovagro, que, de acordo com o Governo Federal, estariam sem recursos disponíveis.

Desde janeiro a Abimaq vem alertando o Governo de que os recursos eram insuficientes. Já houve mais de uma reunião com o Ministério da Agricultura em Brasília, mas Oliveira aponta que há uma sensibilidade por parte da pasta a respeito dessa questão.

O Banco do Brasil, assim, deve fazer um aporte de recursos nos próximos dias. Não é o valor necessário, mas deve atender as compras durante a Agrishow.

As vendas no setor de máquinas agrícolas aumentaram 12%, de forma que a necessidade dos recursos é fundamental para financiar o agronegócio brasileiro, na visão do presidente.

Há uma possibilidade de acerto gradual da taxa de juros desse financiamento, o que não deve afetar radicalmente no ciclo 2019/20. Contudo, a situação deve evoluir a medida em que deve acabar ou reduzir a participação do Governo nessas compras.

Por: Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Luiz Antônio do Prado Xavier Araguari - MG

    O PCA do BNDES para armazenamento também esgotou os recursos. As empresas precisam de ajuda pois estão parando. Foi subdimensionado pelo governo anterior e o dinheiro foi pouco.

    6