Do Grão à Barra #39 - Apesar da ingestão de chocolate exigir alguns cuidados, cacau in natura é um excelente aliado para a saúde da pele

Publicado em 13/04/2022 13:42 e atualizado em 14/04/2022 12:58
Apesar da ingestão de chocolate exigir alguns cuidados, cacau in natura é um excelente aliado para a saúde da pele
Especialista em dermatologia explica os benefícios do cacau para a pele e dá dicas de cuidados para evitar espinhas e excesso de oleosidade

Podcast

Apesar da ingestão de chocolate exigir alguns cuidados, cacau in natura é um excelente aliado para a saúde da pele

Logotipo Notícias Agrícolas

Entenda porque o Cacau não faz mal para a sua pele, mas o chocolate sim

Médica especialista em dermatologia desmistifica a utilização do cacau no cuidado com a pele e cabelo e no consumo com o chocolate

A principal matéria-prima para fabricação do chocolate, um dos doces mais amado pelos brasileiros, é o Cacau. De origem amazônica, além de ser utilizado em receitas de comida, o fruto também pode ser um ótimo material para a fabricação de cosméticos e produtos para o cabelo, mas mesmo assim, algumas pessoas ainda ficam receosas com essa utilização do cacau, afinal, o doce que ele produz não faz mal para e pele?

Se olharmos para o quanto o chocolate é visto como vilão da pele, podemos associar esse mal ao cacau, porém, isso não procede. O chocolate, propriamente dito, é utilizado muitas vezes como uma espécie de “calmante” para os nervos por muitos cidadãos e, quase sempre, o consumo em excesso do doce pode aumentar o aparecimento da acne em pessoas que já possuem pré-disposição para a doença.

Segundo a médica especialista em Dermatologia, Flávia Villela, “como o chocolate possui um alto índice glicêmico, ele pode estimular a produção de sebo pelas glândulas sebáceas, causando o aumento da acne nas pessoas.”

BENEFÍCIOS DO CACAU

O cacau é um fruto que, além de servir como principal ingrediente para fabricação do chocolate, possui muitos benefícios para pele, uma vez que detém de oligoelementos, substâncias hidratantes, com ação antioxidante e nutritiva para pele e cabelo.

Segundo a médica especialista, o cacau é rico em vitaminas (A, B1 e E) e possui muitos minerais, como ferro, zinco, potássio e magnésio, substâncias importantes para o bom funcionamento do organismo, da pele e dos fios do cabelo.

“O cacau é fonte de energia e possui muitos benefícios para a saúde. Seu consumo em alimentos, como por exemplo, o chocolate meio amargo ou amargo, protege o coração, auxilia na circulação sanguínea, melhora o HDL (bom colesterol), tem efeito antioxidante, anti-inflamatório, além de relaxar e proporcionar sensação de bem-estar”, explica a médica especialista em dermatologia, Flávia Villela.

ONDE O CACAU PODE SER UTILIZADO

Por ser um alimento versátil e saudável, o cacau pode ser utilizado de diversas formas, além da mais comum. Nos dias atuais, ele já pode ser encontrado como ingrediente de máscara para o rosto, cremes anticelulites, esfoliantes, shampoos etc.

“Muita gente associa os malefícios do chocolate, com o cacau, mas na verdade, não é o fruto que faz mal! O chocolate ao leite é uma verdadeira mistura de ingredientes e gorduras, e isso sim faz mal, essas gorduras”, afirma Flávia Villela.

Contendo altas concentrações de polifenóis, o cacau pode ajudar a prevenir o envelhecimento cutâneo da pele, potencializar a hidratação da pele e evitar a perda d’água na região do rosto. Já nos cabelos, se utilizado no formato de manteiga de cacau, ajuda a deixar os fios mais sedosos, hidratados, brilhosos e fáceis de desembaraçar.

“Todas as pessoas podem usar e abusar de produtos que levam o cacau como ingrediente. Máscaras faciais e para a região dos olhos, são uma ótima aposta para quem deseja uma pele mais bonita e saudável. Nos cabelos também está liberado utilizar, em especial, os encaracolados e crespos, pois precisam de uma hidratação maior, já que devido ao formato dos fios, o óleo produzido pelo couro cabeludo não chega tão facilmente até as pontas. Nesses casos, o uso da manteiga de cacau é um super aliado”, finaliza Flávia Villela, médica especialista em dermatologia.

0002

O setor de cacau está passando por um revolução de mercado, muito similar ao que aconteceu com o setor de cafés especiais há alguns anos atrás. A cacauicultura brasileira, que sofreu com grandes perdas devido à doença vassoura de bruxa, vem se reinventando para conquistar novos mercados e dessa forma competir com o mercado internacional.

Nesse contexto, os termos "bean to bar" (do grão à barra) e "tree to bar" (da árvore à barra) se tornaram duas grandes vertentes de marketing que demonstram essa evolução. Assim como no café, o estímulo do "faça você mesmo" tem trazido novos interesses para o mercado de cacau e também novos olhares para o setor de chocolates.

O objetivo do podcast "Do Grão à Barra" é mostrar as histórias por trás desses avanços e assim, mostrar também como os produtores de cacau e o setor de chocolates está crescendo no Brasil. A cacauicultura brasileira é recheada de histórias de conquistas coletivas, de avanços sociais e de crescimento em busca pela sustentabilidade, já que o cacau é uma planta nativa da Amazônia e pode representar o Brasil em pautas relacionadas ao agronegócio ambientalista. 

Tags:
Por:
Ericson Cunha
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário