FC Stone indica Guerra Comercial EUA-China como responsável por queda dos preços do Algodão

Publicado em 29/08/2019 11:40 e atualizado em 29/08/2019 14:26
976 exibições
Analista aconselha produtores ficarem atentos às movimentações das duas potenciais e realizar vendas ao poucos, buscando preço médio
Renan Pimenta - Consultor em Gerenciamento de Risco da INTL FCStone

Podcast

FC Stone indica Guerra Comercial EUA-China como responsável por queda dos preços do Algodão

Download

LOGO nalogo

A Guerra comercial entre os Estados Unidos e a China acabou afetando diversos mercados, na qual comprometeu as referências para o setor do algodão. Com isso, muitos produtores rurais brasileiros já relatam corte nos custos de produção e que vão aguardar as definições da safra americana.

O consultor em Gerenciamento de Risco da INTL FCStone, Renan Pimenta, destaca que os nos últimos anos os preços do algodão estavam em atrativos aos produtores rurais. “Os valores estavam aumento de patamares em função da estiagem nos Estados Unidos e movimento de fundos especulativos, porém com a Guerra Comercial acabou afetando todos os mercados”, afirma.

O Brasil a cada ano está aumento o volume exportado, mas o setor ainda depende muito da logística para crescer. “No ano passado, tivemos muitos relatos de problemas no contêiner e acredito que a tendência é ver esse mercado cada vez mais exportador  que voltado para o mercado interno”, destaca.

Tags:
Por: Guilherme Dorigatti e Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário