Com investimento de R$ 250 milhões, nova usina de etanol de milho deve entrar em operação em 2022 em Matupá/MT

Publicado em 11/05/2020 15:49 2801 exibições
Osmar Dalla Costa - Sócio e Chairman da Maracajá Bioenergia
Projeto está em fase de licenciamento ambiental e vai produzir 216 milhões de litros de etanol por ano com o consumo de 500 mil de toneladas, absorvendo a produção local do cereal

LOGO nalogo

O município de Matupá no Mato Grosso vai ganhar uma nova usina de etanol de milho a partir do segundo semestre de 2022. A Maracajá Bioenergia pretende investir R$ 250 milhões na primeira fase do projeto, que está em fase de licenciamento ambiental.

Segundo o sócio e chairman da Maracajá Bioenergia, Osmar Della Costa, quando estiver totalmente finalizada, a usina deve produzir 216 milhões de litros de etanol por ano, absorvendo 500 mil toneladas de milho das lavouras locais.

Apenas na fase de implementação, o projeto prevê gerar cerca de mil empregos nas atividades de montagem, mecânica e de estrutura para funcionar, podendo se adaptar a realidade de demanda do momento. Costa acredita que, até a inauguração da usina a crise do setor de bicombustíveis já vai ter passado, com a retomada na demanda, mas caso a situação persista, pode haver adiamentos.

Confira a entrevista completa com o sócio e chairman da Maracajá Bioenergia no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário