Pressão sobre os preços da arroba do boi continua e em SP os negócios variam entre R$142,00 e R$145,00 com possibilidade de novas baixas

Publicado em 15/07/2015 12:46
Pressão sobre os preços da arroba do boi continua e em SP os negócios variam entre R$142,00 e R$145,00 com possibilidade de novas baixas

Em São Paulo a pressão sobre a arroba do boi gordo segue por mais uma semana. Uma menor demanda no mercado interno e externo tem reduzido à necessidade de compra dos frigoríficos, que com seus abates ajustados estão ofertando menos pela arroba.

No mercado paulista os negócios variam entre R$142,00 e R$145,00 a arroba no mercado à vista, e segundo Marcelo Costa da Socopa Corretora, há possibilidade de novas baixas no curto prazo. "Os frigoríficos tem tentado ajustar a demanda e a quantidade de abates para melhorar a margem da indústria", explica.

Aliado a esse cenário, Costa afirma que houve uma ligeira melhora na oferta de animais prontos que também está favorecendo a pressão de baixa na arroba. No entanto, a pressão não deve provocar baixas significativas "devido ao cenário de oferta curto durante todo o ano".

A pressão de baixa sobre a arroba do boi gordo também é fator de desmotivação para compras de animais de reposição. Os negócios já não acontecem com a mesma intensidade nos preços mais altos e, aos poucos, as referências vêm recuando.

Tags:
Por:
Aleksander Horta e Larissa Albuquerque
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

1 comentário

  • Pedro Fonseca de Souza São Paulo - SP

    Mais uma vez ratificando o que venho falando a alguns meses: nosso cenario economico não permitirá a alta da @ do boi, e a coisa ficará mais complicada nesse segundo semestre! procurem os mecanismos de proteção contra queda. A volatilidade baixa tem permitido compra de puts muito baratas.

    0
    • Gelvaz alves da silva Vazante - MG

      Imagina o problema nos proximos 2 anos , com pecuaristas pagando ate 220,00 na arroba do bezerro. Nao ha nenhum governante capaz de administrar essa crise. tem muita gente fazendo bobagem, depois que apelar para o governo.comprar a expectativa de de que o boi vai subir pode gerar uma grande frustação.

      0