Exportação em alta aliada a oferta restrita de animais dão sustentação aos preços da arroba do boi acima de R$ 155,00 em SP

Publicado em 25/02/2016 12:17
Nas 3 semanas de fevereiro, volume exportado chega a ser quase 30% maior que no mesmo período do ano passado

Os preços da arroba têm mais um dia de firmeza em quase todas as praças do país. Entre os motivos da sustentação está a baixa oferta de animais e a colaboração das exportações no escoamento da produção.

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), em fevereiro, até a terceira semana, as exportações brasileiras de carne bovina in natura totalizaram 70,87 mil toneladas, uma média diária de 5,45 mil toneladas.

Na comparação com janeiro deste ano, o volume médio embarcado por dia aumentou 39,7%. Em relação a fevereiro de 2015, os embarques diários aumentaram 29,1%.

De acordo com o analista da MBAgro, César de Castro Alves, o mercado interno e a dificuldade de venda da carne não permite aumento nos preços no varejo, por isso, as exportações tornam possível a elevação das margens das indústrias e a possibilidade dos frigoríficos em bancarem novas altas nos preços da arroba.

"Se conseguirmos uma desempenho dentro do que é esperado, perfeitamente vamos bater o recorde o participação de 27% em 2007. E temos muitos elementos para isso, como Arábia Saudita, Irã, China e uma serie de países", destaca Alves.

Com a sustentação das exportações, o analista acredita que a arroba deve se manter acima dos R$ 155,00/@ em São Paulo. No entanto, se o mercado interno continuar bastante fragilizado e as cotações do boi em alta crescente, é possível que as indústrias tentem novamente um reajuste operacional para pressionar os preços, assim como ocorreu no ano passado.

Além disso, e esperado para maio um pico de oferta que poderia dar folga aos  preços da arroba, considerando que a melhora nas pastagens estão dando condições de terminação das boiadas.

Tags:
Por:
Aleksander Horta e Larissa Albuquerque
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário