Depois de 15 anos de restrições, Argentina volta a exportar carne bovina ao Canadá

Publicado em 20/10/2016 08:37

O primeiro envio de carne bovina da Argentina chegou ao Canadá após quinze anos sem negociações, uma vez que o mercado foi aberto novamente à carne argentina em dezembro de 2015, depois de longas negociações e de um parecer da Organização Mundial de Comércio (OMC) a favor da Argentina.

O carregamento chegou neste mês em Montreal para abastecer a uma cadeia de restaurantes especializada em comida argentina.

No ano anterior ao fechamento do mercado, ocorrido em 2011, produto da crise por conta da febre aftosa, a Argentina exportou 26.000 toneladas de carne bovina fresca e congelada ao Canadá.

A reabertura do mercado foi possível após anos de negociações diplomáticas e de um trabalho conjunto dos respectivos serviços sanitários. Por fim, o tribunal arbitral da OMC convalidou a reclamação argentina contra as medidas impostas pelos Estados Unidos para proibir o ingresso da carne no Canadá.

A OMC reconheceu que as medidas não possuíam justificativa científica e nem estavam embasadas em uma análise de risco, além de ser discriminatória, já que países com condições idênticas ou similares às da Argentina não possuíam essas restrições para exportar ao país.

Por:
Izadora Pimenta, com informações do Infocampo.com.ar
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário