Mercúrio, do PA, se distancia da carne commodity, investe R$ 10 mi em processos, marca própria e mira a China

Publicado em 15/02/2018 13:15 e atualizado em 01/03/2018 08:05
2484 exibições
Para 2018, a expectativa é manter abates de 330 mil bois - ou aumentar, já que os chineses aprovaram uma das plantas do Pará. Em janeiro, a @ no estado cresceu 5% sobre jan/17 e a carne R$ 0,4/kg. Empresa é líder em exportação de gado vivo.

LOGO nalogo

Podcast

Mercúrio, do PA, se distancia da carne commodity, investe R$ 10 mi em processos, marca própria e mira a China

Download

Neste ano, a estratégia do frigorífico Mercúrio é verticalizar a produção de carne, na qual busca atingir um mercado mais sofisticado. A empresa que tem duas unidades no estado do Pará, também pretende ampliar as exportações de gado em pé para a China.

O diretor do frigorífico Mercúrio, Daniel Freire, aponta que o mercado interno ficou muito comprometido devido aos escândalos envolvendo a carne no ano passado. Por outro lado, a expectativa da empresa é manter abate de 330 mil bois. “A gente espera continuar com os níveis de abate, porém queremos processar com mais qualidade e investir na marca própria”, afirma.

Em relação a exportações de gado em pé, sendo que o frigorífico atua neste mercado desde 2011. Segundo o diretor do mercúrio, o nicho de exportação de gado vivo é limitado e não concorre com a carne. “O preço e logística do gado em pé é o grande limitador, mas o Brasil tem que atender as demandas”, destaca.

Comercialização

Na localidade, as referencias no mês de janeiro da arroba bovina cresceu por volta de 5%, se comparada ao mesmo período do ano anterior. Já para o preço da carne foi registrada uma queda em torno de R$ 0,04/ kg.  

Por: Giovanni Lorenzon e Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário